AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Polícia detém 14 acusados de torturar e matar PM na favela Dom Bosco, em Nova Iguaçu (RJ)

Bruno Rodrigues Pereira havia ido visitar um irmão e foi assassinado, dos 14 acusados detidos em força tarefa da PM, seis são menores.


Uma força tarefa dos batalhões da Polícia Militar de Caxias e Mesquita, na Baixada Fluminense, realizada na tarde desta segunda-feira (28) apreendeu seis menores e deteve oito adultos acusados de envolvimento no assassinato do policial militar Bruno Rodrigues Pereira. Ele foi encontrado morto na madrugada dentro da favela Dom Bosco, em Nova Iguaçu, e, segundo a polícia, há indícios de que ele tenha sido torturado.

Os vagabundos foram detidos nas favelas Dom Bosco, Lagoinha e Campo Belo, em Nova Iguaçu. Com eles foram apreendidas drogas, munição, armas e rádios transmissores. Além disso, a carteira funcional do PM também foi encontrada com um dos marginais.


Conforme informou o RJTV, Bruno foi torturado antes de ser morto. De acordo com a polícia, há indícios de que ele tenha sido amarrado a um carro e arrastado pelas ruas da favela.Bruno trabalhava na Unidade de Polícia Pacificadora do Morro da Formiga, na Tijuca. Ele saiu da UPP e foi visitar um irmão. Mas Bruno foi parado por bandidos que descobriram que ele trabalhava na PM.
Parentes e amigos de Bruno estiveram num cartório para dar entrada na certidão de óbito. Mas preferiram não gravar entrevista.

O irmão dele já prestou depoimento e disse à polícia que Bruno fez contato pela última vez às 23h do domingo. Eles tinham marcado um encontro na Estrada de Madureira, uma importante via de Nova Iguaçu. A partir das 23h30, Bruno não atendeu a ligação do irmão.

Quinze minutos depois, o irmão viu o carro de Bruno passar em alta velocidade, com o porta-malas aberto. O irmão suspeita que o corpo de Bruno já estivesse na mala.

À meia-noite, quando caminhava para o ponto de encontro, o irmão do policial foi parado por traficantes que jogaram no chão a farda, a pistola e os documentos do PM. O corpo foi encontrado de madrugada numa comunidade vizinha. Até a noite desta segunda-feira, o carro de Bruno não havia sido localizado.
fonte: http://amigosdaguardacivil.blogspot.com.br/2015/09/policia-detem-14-acusados-de-torturar-e.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+AmigosDaGuardaCivil+(AMIGOS+DA+GUARDA+CIVIL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário