AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





domingo, 22 de fevereiro de 2015

Vigilantes e população de Alhandra pedem a criação da Guarda Municipal


A população e vigilantes do município de Alhandra reclamam da falta de uma Guarda Municipal para dar mais segurança ao patrimônio público e aos moradores da cidade. A lei que prevê a criação da Guarda foi aprovada pela Câmara Municipal no ano passado, através de um projeto apresentado pela vereadora Ozana do Sindicato. O vereador Beto Januário resolveu reforçar o pedido da colega e apresentou uma minuta para agilizar a criação da Guarda Municipal, haja vista que a violência na cidade de Alhandra tem sido crescente e a população clama por uma solução urgente. Mas o serviço ainda não foi implantado na cidade e nem há previsão de implantação.
Alhandra é a única cidade do litoral sul que ainda não tem sua Guarda Municipal, de acordo com um membro do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado, já foi solicitada uma audiência com a gestão municipal, no sentido de viabilizar a implantação do serviço, porém, há seis meses esperam e não são atendidos. “O certo seria o gestor oferecer um curso de formação de guarda municipal, pois o curso é eliminatório, quem não estiver apto, não será promovido como aconteceu em Caaporã, Goiana, Pitimbu e demais cidades do Brasil”, disse um guarda que faz parte do sindicato.
Para um professor que leciona em Alhandra, é de fundamental importância a implantação do projeto. “Temos várias áreas de lazer, como as várias praças, mas a população precisa de segurança para poder desfrutar destes bens e nas escolas é essencial a presença da Guarda”, destacou.
Um empresário do setor de construção que trabalha na cidade, vê na Guarda Municipal a solução para inibir a violência e vandalismo. “Esse projeto foi aprovado, mas nunca saiu do papel. O poder público ainda não se dedicou a trazer esse benefício para a população, que trará mais segurança para todos os alhandrenses”, declarou.
O Sindicato dos Guardas Municipais da Paraíba, já está realizando um abaixo assinado na cidade de Alhandra e também irão promover uma passeata, pedindo a criação da Guarda. “Este abaixo-assinado tem como objetivo chamar a atenção das autoridades que até hoje, mesmo com projeto aprovado pela Câmara, não tomaram uma atitude sobre a criação do serviço de uma verdadeira Guarda Municipal”, afirmou um sindicalista.
GUARDA MUNICIPAL
A Guarda civil Municipal ou Guarda Municipal, conforme disposição do § 8º, do artigo 144, da Constituição Federal, é uma agência administrativa municipal, que pode ser criada por lei específica da câmara dos vereadores da cidade, como instrumento de segurança pública do município. Seus componentes possuem as mesmas prerrogativas e obrigações legais que os funcionários municipais. A GCM, como é conhecida, pode ainda auxiliar os outros órgãos de segurança pública, tais como: a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil, Polícias Militares e os Corpos de Bombeiros Militares.
As Guardas Civis são organizações de natureza eminentemente civil, não se confundindo com corporações militares. Quanto ao porte de arma, estão autorizadas a usá-las (Lei 10.826/2003, art.6º, III,IV,§.1º e §.3º).
 fonte: http://www.portaldolitoralpb.com.br/vigilantes-e-populacao-de-alhandra-pedem-a-criacao-da-guarda-municipal/

Nenhum comentário:

Postar um comentário