AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





segunda-feira, 17 de novembro de 2014

MOGI DAS CRUZES/SP - Guardas-municipais ficam feridos após tumulto com moradores

Confusão aconteceu na tarde desta quarta-feira (12), na Vila Nova União.
Associação da Guarda Municipal pede armamento. 

Jamile Santana e Jenifer Carpani
Do G1 Mogi das Cruzes e Suzano
Viatura foi apedrejada na tarde desta quarta-feira (12). (Foto: Érica Branco/Arquivo Pessoal)


Dois guardas-municipais ficaram feridos após um tumulto com moradores da Vila Nova União na tarde desta quarta-feira (12) quando estavam trabalhando. A viatura utilizada pelos funcionários também foi danificada. As informações são do boletim de ocorrência, registrado no 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes (SP).
Segundo a Presidente da Associação da Guarda Municipal, Érica Caceres Branco, na viatura haviam quatro guardas municipais. "Dois estavam de serviço na viatura e os outros dois estavam sendo conduzidos até a cozinha comunitária da Vila Nova União". Ela conta que há plantões para cuidar da estrutura da Cozinha Municipal e os dois guardas estavam sendo levados para lá.
De acordo com o boletim de ocorrência, os guardas-municipais estavam na Rua Aurora Ariza Meloni quando aconteceu um acidente entre a viatura da Guarda Municipal e uma moto. Ainda segundo o boletim, quando os guardas desceram da viatura para ver o que tinha acontecido, o motociclista começou a ameaçar os dois guardas.
Guardas-municipais ficaram feridos após tumulto
na Vila Nova União
(Foto: Érica Branco/Arquivo Pessoal)
Segundo Érica, o problema começou com este acidente. "Uma moto veio e bateu na viatura, os guardas pararam para ver o que tinha acontecido e pediram documentos para o motociclista. Ele não tinha", disse Érica. "Aí os guardas quiseram segurar a moto e para passar a ocorrência para a PM. Foi aí que o motociclista começou a gritar e ameaçar os guardas, causando comoção pública", salienta.
A presidente conta que em seguida moradores do bairro chegaram e um tumulto começou. "Mais de 50 pessoas se uniram e começaram a apedrejar a viatura e os guardas. Jogaram barras de ferro, tudo o que tinham nas mãos de armas brancas, eles jogaram", diz. De acordo com o boletim, a Polícia Militar chegou e prestou socorro aos guardas- municipais, que foram levados para o hospital. O caso foi registrado como descato, resistência, incitação ao crime, lesão corporal e dano qualificado.
Para Érica, esse tipo de situação acontece porque a Guarda Municipal não é armada. "Se a guarda estivesse armada, evitaria muitos confrontos e situações de risco a vida do guarda-municipal, resultando numa maior prestação de serviço ao municípe mogiano", salienta. "Em junho quando um guarda foi alvejado na Praça da Juventude, o prefeito e o secretário de Seguranca garantiram brevidade no processo de armamento, deram inclusive prazo maximo de 15 dias para encaminhar o projeto para aprovação na câmara. Já se passaram quase seis meses e nada formal foi realizado até o momento", reclama.

Ela conta que a Guarda Municipal de Mogi passa por dificuldades. "Hoje estamos com falta de efetivo e de viaturas. Várias viaturas estão em manutenção, então temos um número super baixo de carros na rua", enumera. "É urgente a necessidade de armamento, maior efetivo e viaturas apropriadas que atendam a necessidade do nosso serviço", diz.
Moradores teriam usado barras de ferro e pedaços de madeira para danificar viatura (Foto: Érica Branco/Arquivo Pessoal)

Embora no boletim de ocorrência não conste, a Prefeitura de Mogi das Cruzes afirmou, em nota, que uma pessoa foi detida e outra fugiu, em direção ao bairro.
Ainda segundo a Prefeitura, é realizado "um trabalho constante para garantir as condições de trabalho dos guardas municipais". A administração municipal cita que o investimento compreende treinamentos contínuos e investimento em equipamentos. "Atualmente, a Guarda Municipal têm à disposição coletes à prova de balas, tonfa, gás de pimenta e armas de choque para sua atuação".
Já com relação ao armamento da Guarda Municipal, a Secretaria Municipal de Segurança informou que o texto do projeto de lei está passando por análises antes de ser encaminhado para a Câmara de Vereadores. De acordo com a Prefeitura, esta é "uma etapa legalmente necessária para o procedimento e a Associação dos Guardas Municipal vem acompanhando todo o processo".
A Prefeitura disse também em nota que atualmente a Guarda Municipal conta com 183 servidores. Segundo a administração, um concurso público para a contratação de novos guardas-municipais está em fase final de homologação para posterior convocação dos aprovados e realização dos treinamentos.
Por fim, a adminitração municipal afirmou que a "frota da Guarda Municipal é nova, com veículos comprados durante este ano". Para a Prefeitura, o número de veículos está de acordo com as necessidades da corporação e, sempre que necessário, passam por manutenção, inclusive preventiva.
Localização de veículos
Quando a PM foi acionada para atender a ocorrência dos dois guardas municipais, os policiais encontraram um terreno na Rua Nossa Senhora das Graças, também na Vila Nova União, com veículos roubados e carcaças de carros e motos.

De acordo com o boletim de ocorrência, também registrado no 1º DP, a PM apreendeu no terreno um veículo e uma moto com queixas de furtos e outras quatro motos com chassis raspados e sem placas.
Ainda segundo o boletim de ocorrência, o carro roubado pertence a um Policial Militar, e já foi devolvido ao proprietário. Todos os outros veiculos foram recolhidos para o Pátio Municipal da cidade. A ocorrência foi registrada como localização, devolução e apreensão de veículo.
fonte: http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/2014/11/guardas-municipais-ficam-feridos-apos-tumulto-com-moradores.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário