AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





sábado, 24 de maio de 2014

Deputado do PT fez reunião com PCC antes de ataques a ônibus em São Paulo


O deputado petista ligado ao PCC, Luiz Moura

O deputado estadual Luiz Moura (PT) participou de uma reunião, em março deste ano, em que estavam presentes ao menos 13 integrantes da facção criminosa PCC, de acordo com informações obtidas pela Folha com a cúpula da polícia.

Entre eles estava um dos criminosos acusados de participar do furto do Banco Central, no Ceará, em 2005, quando foram levados R$ 164,8 milhões, além de um procurado da Justiça por roubos a bancos.

A reunião ocorreu na sede da Transcooper, zona leste da capital, cooperativa da qual o deputado faz parte, segundo documentos da Junta Comercial de São Paulo. Moura é aliado do secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto (PT). A Transcooper tem permissão da prefeitura para explorar linhas de ônibus em três áreas da cidade.

No encontro, monitorado pela Polícia Civil, estariam em tese sendo discutidos temas de interesse dos cooperados. Porém, segundo a investigação, 11 desses suspeitos de ligação com PCC não participam formalmente de atividades do setor.

BATE-BOCA

Na quarta-feira, o subsecretário de Comunicação do governo Alckmin, Márcio Aith, revelou que o encontro foi alvo de uma operação policial. O subsecretário rebatia críticas feitas por Tatto ao trabalho da polícia durante a greve dos motorista de ônibus que terminou na quinta-feira (21).Tatto disse haver "passividade" da PM ao lidar com a obstrução de vias por grevistas.

Aith, sem citar nomes, mencionou a operação policial e cobrou do secretário de Transportes explicações sobre a participação de um aliado dele nessa reunião --o deputado Luiz Moura. Moura ajudou a organizar o serviço de perueiros na capital ainda na gestão Marta Suplicy (2001-2004). É irmão do vereador Senival Moura, fundador de um sindicato ligado a lotações.

A Polícia Civil foi até a sede porque investigava ataques a ônibus. No início do ano, mais de 70 veículos foram incendiados durante protestos em várias partes da capital. Participavam do encontro no momento 45 pessoas. Os policiais acreditam que a facção criminosa esteja por trás de parte dos ataques. A polícia também investiga se o dinheiro do PCC foi usado na aquisição de veículos de cooperativas da capital.

Moura foi procurado ontem, mas não quis dar entrevista sobre o encontro. Por meio de sua assessoria, disse que esteve na sede da cooperativa para tratar de assuntos de interesses da categoria e que o assunto está encerrado. A secretaria de Transportes afirmou que a relação entre Tatto e Moura "ocorre no âmbito institucional e democrático, da mesma forma que com os demais parlamentares do PT e de outras legendas".

ASSALTO

O deputado foi eleito pelo PT em 2010 com mais de 100 mil votos. No início da década de 1990, ele foi preso e condenado por assalto a mão armada. Chegou a ficar preso por um ano e meio, mas conseguiu fugir. Ele ficou foragido por cerca de dez anos. Da condição de foragido por assalto, em cerca de quatro anos Moura conseguiu construir um patrimônio de cerca de R$ 5 milhões, segundo ele próprio declarou à Justiça Eleitoral em 2010.

Entre os bens mais valiosos listados por ele estavam uma empresa de ônibus, a Happy Play Tour --com cotas declaradas no valor de R$ 4 milhões--, e postos de gasolina. Dois anos depois, ao disputar a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, Moura declarou bens de R$ 1 milhão. A empresa não constava. (Folha de São Paulo)

fonte: http://amigosdaguardacivil.blogspot.com.br/2014/05/deputado-do-pt-fez-reuniao-com-pcc.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+AmigosDaGuardaCivil+(AMIGOS+DA+GUARDA+CIVIL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário