AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





domingo, 15 de dezembro de 2013

Em RR, Marcha Azul Marinho da Guarda Civil deve reunir 200 pessoas

Concentração será nesta segunda-feira (16), às 7h30. na Assembleia.
Evento visa chamar atenção das autoridades quanto ao trabalho da GCM.

 
Guarda Civil Municipal de Boa Vista é formada pela GTAM, ROMU, Defesa Civil e Ciclo Patrulha
(Foto: Deydson Câmara/Arquivo Pessoal)
 
Com o intuito de chamar a atenção da população e autoridades sobre a importância do trabalho da Guarda Civil Municipal (GCM) na segurança de Boa Vista, será realizada na próxima segunda-feira (16), a I Marcha Azul Marinho. A concentração será a partir das 7h30, em frente a Assembleia Legislativa, no Centro Cívico da capital.
Com a expectativa de reunir em torno de 200 pessoas entre guardas civis municipais, familiares, população em geral e mais 40 GCMs do Amazonas, a mobilização, segundo o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais, Deydson Câmara, será realizada de forma simultânea em várias capitais brasileiras, sendo que em Boa Vista está é a primeira vez.
Equipe do Grupo Tático Municipal de Boa Vista
durante apresentação no Desfile Cívico
(Foto: Amanda Teixeira/G1)
 "O objetivo da marcha é chamar a atenção dos deputados federais e senadores quanto ao Projeto de Lei de número 1332/03, que prevê a criação do Estatuto Nacional das Guardas Civis Municipais; mostrar o papel e a contribuição da GCM em parceria com as polícias na segurança da capital; a evolução do trabalho desde 1988 quando foi criada pela Constituição Federal", relatou Câmara.

Ele acrescentou ainda que o evento busca alertar a sociedade sobre o poder de polícia que a GCM possui e ainda vem requerer o uso legal de arma de fogo [Lei 10826/03 Estatuto do Desarmamento].
A programação da Marcha Azul Marinho segue durante todo o dia e às 14h o econtro será na Câmara Municipal de Boa Vista, onde será ministrada a palestra com o tema "Violência requer prevenção, guardas municipais já". De acordo com o presidente do sindicato, o evento é aberto ao público e conta com a participação da sociedade.
Guarda Civil Municipal
A Guarda Civil Municipal de Boa Vista é formada por 280 homens divididos em Grupo Tático Municipal (GTAM), Defesa Civil, Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) e a Ciclo Patrulha, que realizam diariamente um trabalho singular na segurança da sociedade boa-vistense.


Projeto que amplia quadro da Guarda Civil
Municipal foi aprovado na Câmara de Boa Vista
(Foto: Júnior Morais/Arquivo Pessoal)
As equipes trabalham no suporte e segurança em eventos esportivos e culturais, locais públicos como praças e parques e rondas pelos bairros. Entre as ocorrências mais comuns está a apreensão de drogas, arma branca e arma caseira.
Segundo Deydson Câmara as conquistas ao longo dos anos são inúmeras, a mais recente foi a aprovação do projeto que amplia o quadro da Guarda Civil Municipal para 1.500 vagas. A previsão é que seja lançado concurso no próximo ano para provimento de vagas na instituição de segurança da capital.
Atitudes que fazem a diferença
A Guarda Civil de Boa Vista não trabalha somente na segurança da população, mas também desenvolve trabalhos sociais, como exemplo a atitude de 22 guardas da equipe da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU), que sensibilizados com a história de uma família, que perdeu a casa em um incêndio, construíram um novo lar para dona Ana Vitorina, seu esposo e sete filhos.
Com recursos provenientes dos próprios guardas e mais a contribuição de amigos, a casa de madeira que foi destruída em um incêndio foi contruída de alvenaria e doada à família. A ação solidária não é a primeira da equipe, tendo em vista que outras atitudes como esta já foram realizadas.



Agentes ajudam a construir casa dstruida após incêndio (Foto: Arquivo pessoal) 
 fonte: http://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2013/12/em-rr-marcha-azul-marinho-da-guarda-civil-deve-reunir-200-pessoas.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário