AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





sábado, 19 de outubro de 2013

VITORIA/ES - Usuários de entorpecentes tentam intimidar Guardas Municipais de Vitória e acabam apreendidos.


Bairro Mangue Seco, em Vitória (ES), onde GCM's apreenderam usuários de entorpecentes.

Na manhã do dia 18 de outubro de 2013, o CIODES reportou às patrulhas do GPC (Grupamento de Proteção Comunitária) da Guarda Civil Municipal de Vitória, a presença de múltiplos indivíduos em posse de substâncias entorpecivas ilícitas no Prq. Municipal Mangue Seco, na Região próxima ao Bairro Andorinhas e Sta. Marta, perturbando as famílias e pessoas de bons hábitos que frequentam aquele espaço público.

Observado o fato de a região em que a ocorrência se desenvolvia ser contaminada pela presença de traficantes locais, duas viaturas da Guarda Municipal de Vitória se deslocaram para atender a demanda, quando ao adentrar o referido espaço público, depararam-se com um grupo consumindo substância análoga à maconha.

O grupo passou a desdenhar da presença dos GCM's, insinuando dominar o local e mantendo a postura de posse de substâncias entorpecivas como se isso não representasse coisa alguma, desafiando a autoridade dos Guardas Municipais, que de pronto os puseram em seu devido lugar, reposicionando os infratores em posição de controle e abordagem de indivíduos hostis, após o qual, ao serem apreendidas as substâncias entorpecivas similares à maconha em poder de dois dos suspeitos, estes, por serem adolescentes, foram "apreendidos" para condução e apresentação à Autoridade de Polícia Judiciária em serviço na DEACLE (Delegacia do Adolescente em Conflito com a Lei).

Observado o assédio do tráfico na região, um grupo de indivíduos suspeitos que se encontrava no local, ainda desafiadores e revoltados com a detenção dos "parceiros", fez menção de arrebanhar traficantes locais para resgatar os conduzidos em poder da GCMV, momento em que os GCM's solicitaram apoio de outras viaturas do GPC / GCMV em serviço para garantir a manutenção da lei e ordem no local, bem como a condução da dupla apreendida.

Ao todo seis viaturas do Grupamento de Proteção Comunitária, da Guarda Municipal de Vitória, cercaram o local e iniciaram patrulhas agora no interior e entorno do Prq Mangue Seco, comboiando as viaturas de duas em duas, de forma a realizar novas abordagens e revistas a indivíduos suspeitos, especialmente na orla urbanizada à beira do canal local, que se avizinha ao referido parque e tem sido alvo de reclamações em razão da presença insistente de traficantes e usuários.

Dado o recado, logo os múltiplos suspeitos, superados pela determinação dos GCM's da Guarda Municipal de Vitória se dobraram e evadiram-se em primeiro momento (é a máxima do "quando o gato chega o rato corre"), não apenas do parque municipal em questão, mas também das imediações onde os GCM's realizavam abordagens.

A área em questão é um antigo palco de conflitos entre Agentes de Servição da Lei e criminosos, exigindo esforços conjuntos da Sociedade e Poder Público, na direção de um controle eficaz contra a presença de traficantes e sua clientela.

Os menores apreendidos foram inicialmente encaminhados pela GCMV à DEACLE, entretanto, em razão do estado de greve dos Policiais Civis do Estado do Espírito Santo nas Delegacias Especializadas, os GCM's precisaram deslocá-los à Central de Flagrantes no DPJ de Vitória, onde a dupla assinou um "TC" (Termo Circunstanciado) por posse de substância entorpeciva ilícita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário