AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





sexta-feira, 4 de outubro de 2013

POR QUE MUITOS PREFEITOS DE PEQUENAS CIDADES NÃO INVESTEM NAS GUARDAS MUNICIPAIS ???

Analisando e repensando a atual conjuntura da segurança pública num contexto geral,em todas as esferas,notamos ,contrariando certas estatisticas que parecem maquiadas,um aumento exarcebado da violencia,principalmente em cidades do interior,onde o crime chega ,pois a visão empreendedora dos criminosos, em especial aos ligados ao tráfico de drogas ,é aguçada , e notaram o novo nicho de mercado interiorano no Brasil,junto ao que é facilitado por vezes ,pela "insegurança pública" gerada pelo pequeno efetivo de agentes,carencia de recursos,abandono por parte do gestor estadual e etc.Como estão notando ,falo isso em termos de Policia Estadual ,seja civil ou militar.
O que surpreende é que ,nos dias de hoje,onde a partir de um plano nacional de segurança pública,os municipios são incentivados a auxiliarem nessa questão,através de planejamento , da criação e operacionalidade de Guardas Municipais ,tornando ,a entidade e seus agentes ,em complemento importantissimo nesta questão que hora se torna crucial para nossas populações,existam gestores municpais que , mesmo tendo a disposição um efetivo de homens que desejam mostrar serviço da melhor forma possivel,servindo e protegendo aos cidadãos de bem que residem nos pequenos nucleos comunais ,não se mostram dispostos a investir nesta seara que se mostra  vital para a qualidade de vida coletiva.
Ao não valorizar seus servidores nesta área , nossos gestores não só mostram desconhecimento,ignorancia,e por vezes falta de boa vontade  ,como tambem perdem uma ótima oportunidade de aproveitar ao máximo os recursos humanos que tem a disposição ,subutilizados pela falta de informações das próprias leis,pela malediciencia de assesores mal intencionados e sem escrupulos e por intereferencias de membros de outras organizações de segurança ao qual não interessam que existam Guardas Municipais estruturadas e fortes ,o que seria benéfico para todos ,inclusive para estas outras instituições.
Quer um exemplo?? Sente-se num bar com um conhecido operador de segurança pública estadual,seja de que corporação for , e comece a perguntar sobre o que Guardas Municipais podem fazer??Quais suas funções?? E vá perguntando...primeiro ele ,sem conhecimento das leis municipais e da profundidade do significado e  da interpretação da nossa constituição federal,vai dizer;-"Eles não tem poder de policia",isso ,claro sem saber direito o que quer dizer realmente esta expressão,depois ele pode dizer que não podemos prender,usar armas de fogo,usar algemas,no fim talvez diga que  não devamos usar uniformes e quem sabe não poderiamos nem existir ,pois não há a necessidade. Essa pode não ser uma opinião de todos ,mas de uma grande parte do efetivo dos estaduais.
Para nós , que temos a noção ,que nos aprofundamos no assunto , justamente para termos argumentos neste tipo de discussão,e que já estamos com o "couro grosso" de "apanhar" e continuar lutando,isto não nos abala mais,mas para quem é do povo,leigo,que nada compreende de segurança e afins ,escutar isso de alguém que pode ser considerado um "colega" de luta na falida segurança pública ,é como uma sentença dada por um juiz,daí decorrem em virtude destes tipos de comentários ,os desacatos, desobediencias e questionamentos dirigidos aos milicianos municipais em virtude do seu oficio,como se fossemos foras-da-lei que exercemos uma atividade desviada de seus objetivos,que somos usurpadores de função pública,como se já não fossemos servidores.Conclusão :  Parte, desse tipo de pessoa , a primeira barreira enfrentada pelos agentes de segurança ligados ao municipio , um repasse de informações que difamam e caluniam aqueles que só desejam uma coisa ,servir ao próximo.
Os gestores municipais também são influenciados por esse tipo de comentário,só que eles tambem podem vir de pessoas mais próximas ,aquelas que gostam de falar somente o que é conveniente ao mandatário ,e cuja fraqueza  e subserviencia os levam também a manipular a ordem estabelecida ,criando picuinhas . Outro fator preponderante em pequenas cidades é o temor quase patológico que os administradores tem de perder eleitores em virtude da ação de sua agencia ou entidade municipal de segurança pública ,ora ,se um agente servidor público usar do poder de policia administrativa em desfavor de um "cidadão",no minimo ,ouve um fator - causa,e que porventura quebrou os deveres deste referido ,e prejudicou a sociedade,havendo a ação do agente no intuito de corrigir esse comportamento que prejudica a coletividade,sendo essa a essencia do tão falado antes, "poder de policia". Nada demais, rotina de um trabalho que o gestor como comandante máximo tem ter conhecimento de todas as nuances.
Os  nossos administradores tem muito o que  aprender,estudar,se capacitar,engajar-se na luta pela valorização daqueles que se arriscam em prol da segurança do patrimônio e da população ,saber que existem pessoas que lutam por ideais,por valores ,que pensam que o "ser" se sobrepõe ao "ter",que tem noção que talvez na vida nunca acumulem riquezas materiais, mas deixarão um exemplo aos amigos e filhos ,que amam suas famílias,seu trabalho e seu modo de vida,na maioria das vezes desapegados e simplórios,porém ciente de sua importância e orgulhosos disso.
Enfim , o gestor tem de ser também um guerreiro,um cavaleiro templário, irmanado com sua corporação local,deveria defendê-la a todo custo , aparelha-la de recursos,o que mesmo com todas dificuldades em termos de orçamento , podem ser contornadas ,pois os gastos com esse tipo de serviço não são assombrosos,pelo contrário ,com pouco se faz muito, basta ,como já disse antes,se ter boa vontade,oque  já é mais de 50% para que as coisas aconteçam.O difícil é resgatar esse Cavaleiro Templário,esse guerreiro ,que se disponha a empenhar-se na causa da segurança pública municipal ,beneficiando sua administração ,seus munícipes ,e consequentemente a ele mesmo e seu país.Mas não é impossível.
Creio que a nossa luta será longa ainda , mas a causa é justa e o resultado nobre, então nos empenhemos ainda muito mais,pois o guerreiro não foge ao combate , e este se mostra cada vez mais aguerrido e cheio de percalços,continuamente, mas repleto de lampejos de esperança, de vida e de sinais de vitória.

Saudações aos nobres Guerreiros Guardas Municipais.
Direção Geral da GMJS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário