AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





sábado, 17 de agosto de 2013

UMUARAMA/PR - MP recomenda que guarda municipal volte a atuar em ruas de cidade do PR

MP recomenda que guarda municipal volte a atuar em ruas de cidade do PR

video

Os 34 guardas de Umuarama realizam apenas serviços internos há 2 meses.
Segundo a prefeitura, eles só voltam às ruas após receber o porte de arma.

O Ministério Público (MP) do Paraná recomendou a Prefeitura de Umuarama, na região noroeste, que recoloque para trabalhar nas ruas os 34 funcionários da Guarda Municipal da cidade. Atualmente, os guardas realizam apenas serviços internos, como monitoramento das 10 câmeras de segurança distribuídas pela cidade.
Após verificar que a guarda realizava apenas serviços administrativos, o MP optou por notificar o município - com prazo de cinco dias para o cumprimento. O prazo venceria nesta quinta-feira (15), mas, como se trata de feriado municipal, com recesso na sexta-feira (16), a prefeitura informou que vai encaminhar uma resposta apenas na segunda-feira (19).
O trabalho adminsitrativo dos guardas começou há dois meses, em junho, após o próprio MP exigir que o efetivo da Guarda Municipal fizesse a segurança do município desarmado. Segundo o órgão, o motivo da determinação foi que os agentes não tinham autorização legal de porte de arma. De acordo com a procuradoria do município, à época, a documentação referente ao curso que os agentes realizaram para manipular as armas só ficaria pronta em cinco meses - razão pela qual os serviços de rua foram suspensos.
Em virtude disso, o MP entrou com a medida de recomendação por entender que compete à Guarda Municipal outras atividades específicas estipuladas em lei, como a segurança interna e externa de prédios públicos, vigilância de mercados e feiras livres, fiscalização do tráfego de veículos nas ruas da cidade, e combate ao vandalismo. “Assim como a lei de desarmamento diz que qualquer cidadão precisa ter porte de arma, a legislação dos guardas municipais defende o mesmo princípio”, esclarece o promotor Fábio Hideki Nakanishi.
No entanto, a prefeitura discorda dessa decisão. “Não tem como colocar a pessoa em determinada área, só em bem público, porque pode ocorrer alguma situação fora desse prédio e a pessoa não vai poder atuar, só vai poder ver”, contesta o secretario de Defesa Social do município, Paulo Roberto Fernandes. Ainda segundo o secretário, os agentes só devem ser liberados após a liberação do porte de arma.

fonte: http://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2013/08/mp-recomenda-que-guarda-municipal-volte-atuar-em-ruas-de-cidade-do-pr.html


 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário