AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





terça-feira, 16 de julho de 2013

APARECIDA DE GOIÂNIA - População de Aparecida aprova administração e acredita no futuro da cidade

A cidade de Aparecida de Goiânia passa nestes últimos anos por um processo de transformação de sua realidade. A cidade vem reescrevendo sua história – dentro do contexto socioeconômico, político e cultural – e isso está enraizado no inconsciente coletivo de nossos cidadãos.
A fim de registrar o que se passa no imaginário do cidadão aparecidense, principalmente no que diz respeito a temas intrínsecos de seu dia-a-dia, o Procon Aparecida realizou uma pesquisa sobre a qualidade dos serviços públicos no município. O questionário foi aplicado no mês de junho. A pesquisa se amparou na lei 8.078, que dispõe o Código de Proteção e Defesa do Consumidor. Pesquisamos 196 pessoas maiores de 18 anos de idade, sendo 117 mulheres e 79 homens. O levantamento foi feito nas cinco regiões geográficas da cidade: Norte, Sul, Oeste, Leste e Central.
Ao realizar a pesquisa, nos pautamos pelo papel social, de fiscalizador e de educador, do Procon. Oferecemos uma prévia de como anda a relação gestão pública e contribuinte, dentro das diversas áreas avaliadas. Para isso, os técnicos se valeram de métodos científicos de aferição para medir o termômetro da realidade. Nas respostas, percebemos uma população bastante focada nessas mudanças e positividade em relação à gestão, que se mostra muito sensível às reais necessidades das camadas que sempre se sentiram desprestigiadas.
Os números revelam que 81,4% dos entrevistados avaliam como positivo os serviços prestados pela Prefeitura de Aparecida. Dentro desta linha, 82,9% acham que houve uma melhora na qualidade de vida dos moradores da cidade nos últimos cinco anos. Quando questionados sobre qual serviço necessitaria uma intervenção urgente dos poderes públicos, o item mais lembrado foi a Segurança Pública (49,2%), que mesmo sendo de responsabilidade do governo estadual, tem recebido investimentos e atenção da administração municipal.

Nesse aspecto, a prefeitura implantou 50 câmeras de videomonitoramento, o que proporcionou uma redução de 30% da criminalidade na área monitorada. Ainda nesta área, a gestão do prefeito Maguito Vilela valorizou e modernizou a Guarda Civil Municipal. Como conseqüência disso, o secretário de Defesa Social e Guarda Civil, Sargento Cachoeira, coordenou a descentralização da Guarda Civil com a implantação de bases comunitárias, que estão aumentando a segurança no município e contribuindo para a redução gradativa dos índices de criminalidade e o aumento na proteção do patrimônio público.

O segundo item que mais necessita de intervenção do poder público, conforme os entrevistados, é a Saúde (48,7%), setor que já recebe o empenho da prefeitura, com a estimável ajuda do Governo Federal, para um atendimento mais humanizado. Juntos, município e União já construíram uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS). Outras 10 UBSs estão em obras e mais duas UPAs estão em licitação. Além disso, a prefeitura em parceria com o Governo Federal pretende construir o Hospital Municipal. Essas medidas buscam humanizar o atendimento no SUS.
Sabemos, no entanto, que o problema da Saúde é de âmbito nacional, e que muito tem sido investido a fim de findar a agonia de quem espera por atendimento nas filas das unidades de saúde. O prefeito Maguito Vilela tem sido protagonista – como vice-presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) – na luta pelo aumento de médicos no Sistema Único de Saúde (SUS).
Nossa pesquisa comprova ainda como a intervenção do Ministério da Saúde na luta por contratação de mais médicos, brasileiros e estrangeiros, se faz mais do que necessária. Constatamos que apenas 16,4% dos cidadãos de Aparecida de Goiânia têm plano de saúde.
A população de Aparecida também tem aprovado o empenho da atual gestão no setor de Infraestrutura. Apenas 10,6% dos entrevistados avaliam a pasta como ruim ou péssima. O que leva a crer que estamos no caminho certo com os programas de pavimentação, recapeamento e as obras de Mobilidade Urbana.
Quando inquiridos sobre qual área ou segmento com melhor desempenho dentre os serviços prestados pela prefeitura, 62,39% dos entrevistados destacaram o quesito Educação. Esse resultado é atribuído à reforma das escolas municipais, que hoje dispõem de salas climatizadas e quadras poliesportivas.
A construção de novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) já em andamento, também foi levada em conta pelo aparecidense. 43 serão construídos ao todo, possibilitando que as mães de família possam sair para enfrentar sua jornada de trabalho com a tranquilidade de que suas crianças estão em boas mãos.
A nossa pesquisa constatou também que apenas 12,7% dos moradores de Aparecida de Goiânia tiveram a oportunidade de se formar em uma universidade. Número que tende a aumentar, pois o município já conquistou, junto ao Governo Federal, novos Campus da UFG e o IFG.
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) - que provém gratuitamente o curso de Engenharia Civil noturno para os nossos jovens – já está em pleno funcionamento. Já o campus da Universidade Federal de Goiás (UFG) de Aparecida terá suas obras iniciadas ainda este ano. Com a vinda destas duas instituições e outras como o Senai Celso Charuri, o município vem mudando sua realidade e se tornando também uma cidade universitária.
Estes e outros elementos pesquisados pelo Procon auxiliarão a administração a nortear suas ações, além de confirmar que a cidade está no caminho certo e realmente tornando melhor a vida de tantas pessoas, que nunca puderam perceber a presença dos serviços públicos. Tanto, que 92,3% dos entrevistados por nossos técnicos afirmaram que querem continuar vivendo em Aparecida pelos próximos anos, pois hoje consideram que existe uma expectativa melhor de futuro.
Essas pessoas confiam na gestão de seu município e tem a convicção de que o dinheiro arrecadado por meio de impostos está sendo bem empregado pela prefeitura, pois enxergam o retorno social e econômico. Esses números confirmam que os próprios moradores já se esqueceram de vez do vergonhoso título de “cidade dormitório” e que acreditam no potencial de Aparecida.
(Marinho Rezende, presidente do Procon de Aparecida de Goiânia)

negrito do blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário