AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

VITÓRIA/ES - Guarda Municipal de Vitória detém acusados de roubo, um dos quais, pela terceira vez.

Pertences apreendidos em poder dos acusados. Dois aparelhos de telefone celular foram reconhecidos por vítimas de roubo como sendo seus.


Na noite do dia 04 de fevereiro de 2013, o CIODES deu ciência às patrulhas da Guarda Municipal de Vitória, sobre um roubo à pessoa acontecido no Bairro Mata da Praia, em Vitória, próximo à área de orla, praticado por dois indivíduos de características informadas.

Dados da ocorrência informavam que dois indivíduos teriam abordado e roubado um casal de namorados, subtraindo-lhes dois aparelhos de telefone celular, imprimindo fuga para o interior do Bairro Mata da Praia.

A viatura da Inspetoria do setor, juntamente com uma viatura de apoio, intensificaram patrulhamento na região do ilícito. Quando a viatura da Inspetoria se deslocava pelo Bairro República, na R. Presidente Dantony Bastos, próximo a uma padaria local, fez contato visual com a dupla de acusados nas características informadas, que foram abordados pelos GCM's.

Com a dupla de acusados foram encontrados alguns aparelhos de telefone celular, relógio e óculos de sol. Uma testemunha que teria feito o acionamento do CIODES via 190, contatou os GCM's no local de abordagem e reconheceu os acusados como sendo os que teria visto roubando o casal de adolescentes.

Os Guardas Municipais conduziram os acusados, maiores de idade, e material apreendido ao DPJ de Vitória, para serem apresentados ao delegado em serviço.

Através de um dos telefones, os GCM's conseguiram fazer contato com uma jovem, vítima da dupla, que prosseguiu ao DPJ de Vitória na companhia de sua mãe, onde reconheceu os indivíduos bem como seu aparelho de telefone celular. A vítima promoveu representação contra os acusados.

Um dos acusados, já no DPJ, decidiu revelar aos Guardas Civis, o local em que teriam dispensado, ao perceber a aproximação da viatura da GCMV, o telefone celular de propriedade do namorado da jovem. Uma das guarnições da GCMV retornou ao local informado e recuperou o aparelho, que foi entregue, juntamente com os demais pertences, no DPJ de Vitória.

A curiosidade desta ocorrência se deve ao fato de o indivíduo, maior de idade, de primeiro nome Felipe, ter deixado o Fórum de Vitória neste mesmo dia, onde estaria respondendo, em regime de alvará de soltura, por crime de roubo na forma do Art. 157 do CP, retornando às ruas para praticar um novo ilícito.

Outra peculiaridade ficou por conta deste mesmo indivíduo, o Felipe, já ter sido detido outras duas vez pela Guarda Municipal de Vitória, sendo a primeira delas, quando agrediu o filho de um Policial Militar, que teria sido vítima de roubo de um conhecido seu, às margens da Av. Vitória, e que ao perseguir o acusado, se deparou com Felipe, que passou a defender o autor do roubo e agredir a vítima. Na ocasião a Guarda Municipal, no Bairro Horto, flagrou a situação e conduziu Felipe e seu parceiro ao DPJ de Vitória, onde a vítima promoveu representação contra ambos.

A segunda detenção aconteceu quando uma guarnição embarcada em viatura, da Guarda Municipal de Vitória, patrulhando a Av. Américo Buaiz, em horário noturno, suspeitou de Felipe, parado em local ermo, de larga incidência de roubos à pessoa, e realizou abordagem ao mesmo, tendo encontrado com ele um revólver calibre 32. Na ocasião Felipe foi conduzido pela Guarda Municipal de Vitória ao DPJ para responder por porte ilegal de arma de fogo.

Mais uma vez a Guarda Civil Municipal de Vitória, através do alto nível de comprometimento de seus GCM's, respondeu às demandas e necessidades dos cidadãos de Vitória, e deteve aqueles que perturbam a paz e sossego da sociedade, restaurando a ordem local.

fonte: http://amigosdaguardacivildevitoria.blogspot.com.br/2013/02/guarda-municipal-de-vitoria-detem.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário