AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Onda de violência põe nas ruas todo o efetivo da Guarda Municipal



Iniciativa foi anunciada ontem, em reunião entre autoridades de Campinas para debater a crise na segurança - Encaminhado por Jorge Costa

O prefeito Jonas Donizette (PSB) anunciou ontem que colocará todo o efetivo da Guarda Municipal (GM) para fazer o patrulhamento de pontos considerados críticos da cidade. A


intenção é conter a onda de violência que deixou, em menos de 20 dias, três pessoas mortas durante roubos. O aumento no número de GMs nas ruas não foi divulgado — no Município, são 700 guardas ao todo. O mapeamento dos bairros que terá a ação dos GMs é baseado nos dados de índices de ocorrências registradas pela corporação e também pelos pontos indicados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.
O prefeito Jonas Donizette entre o juiz corregedor Nelson Augusto Bernardes
e o presidente da Câmara, Campos Filho, em reunião
Além do policiamento a pé, moto e bicicleta, as viaturas da corporação que ficam paradas sobre vias e praças passarão a circular nos bairros com mais registros de ocorrências de crimes para dar mais agilidade e sensação de segurança aos moradores e pessoas que circulam pelo local.

O principal foco dos GMs será a prevenção de roubo e furto de veículos, casos que nos últimos anos vêm em uma escalada na cidade. No ano passado, foram registrados 9.965 casos (795 ocorrências a mais do que em 2011).

Desde os primeiros dias deste ano, a ação de bandidos para levar veículos tem feito vítimas fatais. Ontem, um comerciante foi baleado, duas vezes na cabeça e uma vez no peito, durante uma tentativa de roubo a veículo no Jardim Santana. Até o fechamento desta edição ele continuava internado em estado grave no Hospital de Clínicas da Unicamp.

O bairro onde o crime aconteceu será um dos focos do patrulhamento ostensivo da GM. Ele está localizado dentro da área do 4º Distrito Policial (DP), no Taquaral, que lidera os índices de roubo a veículos e a residência na cidade — 849 casos de roubo a veículos em 2012.

As áreas dos bairros Castelo, Chapadão, São Bernardo e Centro também terão o patrulhamento mais rigoroso a partir de hoje. Essas regiões, depois do Taquaral, são as que mais sofrem com esse tipo de crime. Além disso, é no Centro que ocorrem a maior parte dos roubos e furtos registrados na cidade — 1.698 e 4.718 no ano passado.

A Guarda também fará operações para desmantelar desmanches e ferros velhos que vendem peças de veículos usados, responsáveis pela maior parte dos veículos subtraídos nas ações criminosas.
Reunião

A medida foi divulgada ontem durante uma reunião entre o prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores, Campos Filho (DEM), o secretário municipal de Segurança, Luiz Augusto Baggio, o líder de governo na Câmara, vereador Rafa Zimbaldi (PP), e o juiz corregedor da Polícia Civil, Nelson Augusto Bernardes. As autoridades se encontraram para debater a onda de violência.

“Esse contingente que será colocado nas ruas será uma forma de dar apoio à Polícia Militar. Faremos operações de auxílio que trarão resultados para o trabalho de segurança na cidade. Vamos cooperar e também cobrar das autoridades ações correspondentes à situação que Campinas tem vivido”, disse Jonas.

O prefeito adiantou que o secretário de Estado da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, voltará a Campinas na próxima quinta-feira para oficializar o Gabinete de Segurança anunciado no começo deste mês, que unirá ações das polícias Civil, Militar e GM. “Espero que o secretário traga as ações concretas do que será feito em Campinas. Precisamos de ações rápidas”, afirmou. “Estamos preocupados com a curva da criminalidade. Faremos ações estratégicas para barrar isso”, disse o secretário municipal de Segurança.

Na reunião, o juiz ainda fez uma exposição sobre a situação do quadro estrutural da Polícia Civil e também da falta de funcionários, o que acarreta problemas na investigação e punição de crimes. A ideia é que Jonas exponha as demandas ao Estado, durante as ações do Gabinete de Segurança. O levantamento será entregue ao prefeito na próxima semana. “As falhas encontradas acarretam em problemas na investigação e na solução dos crimes e isso gera a impunidade de criminosos. Temos que trabalhar juntos para resolver essas falhas. A polícia de Campinas precisa dessa atenção urgente, estamos vivendo uma crise de segurança”, disse.
fonte: http://gcm-guerra-motociclista.blogspot.com.br/2013/02/onda-de-violencia-poe-nas-ruas-todo-o.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário