AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

MONTE MOR/SP - Guarda Civil Municipal faz cadastro de vigias de quarteirão em Monte Mor

O secretário de Segurança de Monte Mor, Adelício Paranhos, e o comandante da GCM (Guarda Civil Municipal), Luiz Carlos de Lima, se reuniram ontem com os chamados vigias de quarteirão, que fazem a segurança particular de ruas e acionam a Guarda, por meio dos telefones particulares, sempre que verificam alguma ocorrência. O intuito do encontro, segundo o secretário, foi conhecer e cadastrar os vigilantes. “É uma situação que habitualmente encontramos e entendemos a importância de facilitar a comunicação com eles, assim como disciplinar e organizar todo o processo”, explicou. No cadastro, os vigias forneceram itens básicos, como documentação, endereço e contatos, assim como indicaram as áreas da cidade em que atuam. MERCADO A partir destes dados, a secretaria vai fazer uma pesquisa dos antecedentes criminais dos cadastrados com vistas a garantir um trabalho eficaz e seguro. “É um serviço bem aceito pela população, mas que não sabíamos se era executado por pessoas de boa índole ou não - o que poderemos identificar a partir de agora”, afirmou. CADASTRO Uma cópia do cadastro foi enviada ao delegado de Monte Mor, José Leandro Moreira Falkine. Ainda segundo o secretário, o trabalho dos vigias na ajuda à GCM será voluntário e não terá nenhum vínculo empregatício com a GCM. E, por se tratar de uma fase inicial de integração, nenhum tipo de subordinação ou obrigatoriedade entre as partes será exigida. 
fonte: http://www.noticiafm.com.br/2012/jornalismo_ver_noticia.asp?id=10456

Nenhum comentário:

Postar um comentário