AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Haddad quer reforço no patrulhamento da cidade à noite


Em uma investida na área da segurança pública, oficialmente de responsabilidade do governo do Estado, o prefeito Fernando Haddad (PT) anunciou, na quarta-feira (27),em que um terço do efetivo da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e dos policiais militares que integram a Operação Delegada (bico oficial pago pelo Município) deve passar a atuar à noite em locais de maior criminalidade. Com isso, praças, parques, escolas, unidades de saúde e bairros da periferia, como Campo Limpo, podem ganhar um reforço de cerca de 3 mil agentes depois das 18 horas.
Ao site de notícias G1, Haddad disse ainda que está fazendo um mapa da violência e vai espalhar agentes por áreas perigosas da cidade. A informação causou polêmica. "Isso (indicadores criminais) não é problema da Prefeitura, é problema do Estado", disse o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Benedito Meira. "É interessante, mas vai mostrar algo diferente do que a Secretaria de Estado da Segurança Pública já divulga?"
Atualmente, os quase 3,9 mil policiais da Operação Delegada recebem da Prefeitura para fiscalizar camelôs. Em 15 de março, Município e Estado devem assinar novo convênio ampliando as atribuições dos agentes. A Prefeitura quer espalhá-los por locais públicos com altos índices de criminalidade. Meira defende que a distribuição dos policiais esteja atrelada à fiscalização de bares, taxistas clandestinos e ao Programa de Silêncio Urbano (Psiu).
Para o comandante da PM, a Prefeitura não poderá delegar à polícia a função que já é dela, de fazer policiamento. "Mas o policial na atividade delegada não vai se omitir, caso encontre, por exemplo, alguém em atitude suspeita, uma pessoa participando de um furto, um roubo", ressalta.
Por enquanto, o acordo não inclui a contratação de mais policiais. Em 2012, o gasto orçado foi de R$ 150 milhões. A decisão sobre onde os PMs ficarão deve caber a uma comissão, com dois integrantes da corporação e dois do Município. Até agora, a Prefeitura já constatou que as regiões de M’Boi Mirim, Campo Limpo e Capela do Socorro, todos bairros da zona sul, deveriam receber o reforço.
Para o professor de ciências políticas Cláudio Couto, do curso de Administração Pública da Fundação Getulio Vargas, é positivo o investimento da Prefeitura. "É um assunto de competência estadual que afeta a área municipal", destacou.
Luz
O prefeito também quer deslocar guardas-civis e PMs da Operação Delegada para áreas sem luz. O assunto foi tratado em reunião, anteontem, com diretores da Eletropaulo. A ideia é que a Prefeitura seja avisada sobre locais com blecaute e possa enviar forças policiais para a área. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
fonte: http://atarde.uol.com.br/brasil/materias/1487398

Nenhum comentário:

Postar um comentário