AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





sábado, 23 de fevereiro de 2013

Guarda Municipal encerra paralisação em Belo Horizonte



Greve durou um dia

Fonte: ALINE DINIZ - O Tempo Online

Acabou, na noite desta sexta-feira (22), a paralisação da Guarda Municipal que se iniciou na manhã desta sexta. De acordo com o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado de Minas Gerais (Sindiguardas-MG), Pedro Ivo Bueno, os manifestantes entregaram para o comando da corporação um documento com as reivindicações. Além disso, a greve terminou depois que a corporação concordou em não punir aqueles que participaram do protesto.
Os guardas reivindicam reajuste salarial, porte de armas, adicional de risco, aumento do vale lanche de R$ 1,50 para R$ 6 e imediata retirada dos militares reformados da Polícia Militar do comando da guarda. “Toda a categoria está totalmente insegura em atuar como guardas municipais, uma vez que, só nos últimos seis meses, já ocorreram mais de 10 atentados contra os guardas na capital mineira”, disse Bueno. Agora, os membros da Guarda Municipal estão aguardando a resposta da corporação. 

O outro lado

A assessoria de comunicação da Guarda Municipal informou que o Comando recebeu o documento com as reivindicações e que ele será analisado. Porém, a assessoria negou que ocorreu uma greve, já que cerca de 80 homens participaram do protesto e a corporação conta com um efetivo de 2.300 agentes. A assessoria informou ainda que a segurança em parques, escolas, dentre outras, foi realizada de maneira normal durante o dia.

O comandante da Guarda Municipal de Belo Horizonte, coronel Ricardo Belione de Menezes, disse à reportagem do Portal O TEMPO Online que não houve greve e sim apenas um protesto de parte dos integrantes do Sindiguardas-MG, que, segundo ele, nem é regularizado. “A palavra greve é muito pesada para ser usada. O que acontece é um pequeno protesto e, para garantir a segurança dos outros guardas não envolvidos, eu não permiti que eles saíssem às ruas nesta sexta. Em torno de 80 homens que atuam no trânsito e na ronda ainda permanecem na nossa sede”, explicou o comandante.

Audiência pública


Pedro relatou também que está marcado para o dia 26 de fevereiro uma audiência pública para julgar a proibição dos guardas municipais de realizem manifestações, greves e se filiar a sindicatos. “Essas questões estão previstas em nosso estatuto, porém nós já entramos com um pedido e ganhamos em primeira instância. Porém, a prefeitura entrou com recurso e o tema será julgado novamente”, explicou. Para o presidente, os guardas têm direito de fazer greve como qualquer cidadão. “É vetada aos militares e integrantes das forças armadas realizarem greve, mas a Guarda Municipal não se encaixa nesse perfil”, afirmou.

fonte: http://amigosdaguardacivil.blogspot.com.br/2013/02/guarda-municipal-encerra-paralisacao-em.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+AmigosDaGuardaCivil+(AMIGOS+DA+GUARDA+CIVIL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário