AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





sábado, 19 de janeiro de 2013

SETE LAGOAS/MG - Entrevista: Novo comandante da Guarda Civil Municipal chega e já modifica corporação

Novo comandante da Guarda, GCM Wagner / Foto: Marcelo Paiva

Coordenador de Equipe e efetivo no quadro da corporação há 10 anos o novo comandante da Guarda Civil Municipal, GCM, esteve durante sete anos na secretaria de Meio Ambiente. Sabendo que assumiria o cargo desde a vitória de Marcio Reinaldo em outubro o Comandante Wagner garante que está preparado para o desafio. Apesar do pouco tempo de nomeação já tomou medidas para mais mobilidade dos guardas. Em entrevista GM Wagner fala das ações e que espera que o prefeito Marcio Reinaldo repense a medida de retirar a corporação da fiscalização 
do trânsito da cidade, acompanhe. 
Sete Lagoas: Como o senhor recebeu a notícia, já estava preparado para a responsabilidade?
Preparado a gente sempre está. Já era um trabalho nosso como coordenador de equipe. Fiquei feliz com a indicação, recebi essa indicação de dentro do gabinete do novo prefeito. E em conversa o prefeito tem interesse em uma mobilidade maior para a Guarda então a gente tem condição de fazer e vai fazer.

Sete Lagoas: Apesar do pouco tempo a frente da corporação já dá para apontar alguma primeira medida?
A primeira medida, de imediato, foi a descentralização do poder. Antes o comandante e o sub ficavam responsáveis por todos os setores da Guarda. Hoje nós não vamos deixar assim. Já tem hoje um guarda responsável pelo setor administrativo, já tem outro responsável por todo turno noturno, já tem outro guarda responsável pelo trânsito, já tem outro responsável pela parte de transporte dos veículos que nós temos. Quando a gente fala responsável não quer dizer que ele vai ficar só nessa função. A mesma pessoa que comanda o trânsito, por exemplo, vai trabalhar na rua. Quando a pessoa não estiver fazendo as funções administrativas vai estar na rua.

Sete Lagoas: No final de dezembro o contrato de 40 guardas foram encerrados e não serão renovados. Como ajustar o quadro reduzido às demandas na rua?
Tá difícil, tá muito difícil. Já conversei com o vice-prefeito que no mesmo momento conversou com o prefeito e disse que agora não tem a menor possibilidade de contratação. Tão logo passe janeiro o prefeito disse que vai começar a voltar com os contratos dos guardas. Ele (Marcio Reinaldo) não pode contratar agora porque vai entrar em desacordo com a lei de responsabilidade fiscal. Deve-se muito e não adianta colocar um guarda para não receber no fim do mês. Ele vai acertar os pagamentos primeiros e tão logo acerte as dívidas vai chamar os contratados. 

Sete Lagoas: O prefeito Marcio Reinaldo já disse que vai tirar a Guarda da fiscalização do trânsito, como o senhor encara esse novo momento da corporação, se realmente isso acontecer?
Em campanha o prefeito realmente disse isso. Mas ele já disse que muitas vezes pensou uma coisa e depois, com mais informações, reestruturou seu pensamento e pensou com carinho. Acredito que o prefeito vai olhar novamente porque quem reclama da questão de trânsito da guarda são os infratores. O que mais a gente recebe elogio foi quando voltou o faixa azul e a questão de estacionamento no trânsito, hoje tem mais vagas disponíveis. Está difícil, mas bem melhor do que quando a guarda não comandava o trânsito. Acredito que o prefeito vai reaver essa opinião dele. 

Sete Lagoas: Se confirmar essa medida e a Guarda for realmente retirada do trânsito como trabalhar internamente a equipe, até de forma motivacional, já que a fiscalização do trânsito foi uma conquista da corporação?
Realmente foi uma grande conquista. Mas há de se ver que o interesse hoje do comando da Guarda é ampliar suas atividades bem como é interesse do prefeito. Então o trânsito é só uma questão, se tirar o trânsito da Guarda realmente vai ser uma perda significativa, muito grande, mas acredito que se tirar o trânsito outros setores como a questão educacional, ambiental, virão. Outras coisas virão para dar anseio e motivação para o guarda.

Sete Lagoas: Com relação a projetos e perspectivas da Guarda, o que o comando espera nesse novo governo?
Toda questão positiva da Guarda hoje acredito que venha do último comandante, Cel. Gilberto Luís dos Santos. Foi quem tirou a Guarda do saldo negativo e colocou com saldo positivo. Muita coisa ainda há de se fazer, mas ele já iniciou e vou dar continuidade a algumas coisas e mudar outras. A princípio, mesmo sem dinheiro, porque a Guarda e a prefeitura não tem dinheiro, nós vamos capacitar a Guarda através de parceria com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Já pedi uma reunião com o comandante dos Bombeiros para um curso de capacitação para todos os guardas. A princípio será sobre primeiros socorros, porque você faz um curso desse e não faz constantemente você perde. Isso é importante porque a maioria dos guardas trabalha em hospitais, então vamos preocupar em capacitar.

Por Marcelo Paiva
fonte: http://www.setelagoas.com.br/noticias/entrevistas/18885-entrevista-novo-comandante-da-guarda-civil-municipal-chega-e-ja-modifica-corporacao

Nenhum comentário:

Postar um comentário