AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





segunda-feira, 19 de novembro de 2012

CAMPINAS - Flagrantes de tráfico de drogas em Campinas aumentam 15%, diz SSP Dados são da Secretaria de Segurança Pública de janeiro a setembro. Segundo a Dise, vulnerabilidade no Centro contribui para as ocorrências.


video


O número de flagrantes de tráfico de drogas em Campinas (SP) entre janeiro e setembro aumentou 15%, em relação ao mesmo período do ano passado, com o registro de 759 para 874 ocorrências, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. As ocorrências envolvendo venda e consumo de drogas não se restringem a periferia e atingem a região central, mesmo com as ações da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

Para o delegado titular da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), Osvaldo Diez, a vulnerabilidade na região contribui para o aumento do tráfico, principalmente de maconha, cocaína e crack. “Campinas por ser uma cidade rica, regada com diversas rodovias, um polo turístico, inclusive no sentido de comércio, de indústrias, são fatores que atraem a cobiça dos traficantes”, explica o delegado.

A dispersão permanente dos usuários de drogas próximo do Terminal Central, da antiga rodoviária, da catedral e do Viaduto Cury, provoca a sensação de insegurança, segundo os moradores próximos dos locais e até mesmo as pessoas que transitam diariamente pela região. "Muitos mendigos, usuários de drogas e isso é triste para a cidade”, afirma o gerente de loja Eduardo de Souza. Para a recepcionista Larissa Rafaelli a região representa riscos de segurança. “Tenho medo de ser assaltada a qualquer hora do dia”, disse.
Pessoas na parte interior de viaduto onde se concentram usuários de drogas (Foto: Reprodução EPTV)

Sem recursos
Um dos locais adotados como abrigo por moradores de rua e usuários de drogas é as margens da linha férrea, onde foram construídos barracos e abandonado grande quantidade de lixo, colchões e roupas. Para o porta-voz do comando regional da Polícia Militar, Marci Elber da Silva, os trabalhos são dificultados por conta da degradação e dos atos de vandalismo da propriedade particular.

A América Latina Logística (ALL), responsável pelo trecho férreo, explica que são feitas rondas preventiva de segurança, mas que não é possível deter permanentemente os usuários de drogas que transitam pelo local, uma vez que seus seguranças não tem poder de polícia.
No terreno da antiga Fepasa, próximo do Viaduto Cury, a prefeitura afirma que está sem verba para as reformas. A Secretaria de Serviços Públicos explica que por esse motivo a manutenção é paliativa. Na região também funcionam bares, pensionatos e pontos de prostituição.

Outras regiões
No entanto, outros pontos da cidade também registram maior incidência nas apreensões como no DICs, Padre Anchieta, Campos Elíseos e Vila Rica. “As atividades de combate ao tráfico são concentradas muitas vezes na periferia que são utilizadas para armazenamento da droga e também aproveita o mercado consumidor como os estudantes e pessoas viciadas com perfis de consumidores”, afirma o delegado. Já o Aeroporto Internacional de Viracopos também é utilizado como porta de entrada e saída de drogas do país.
Polícia Militar faz blitz em linha férrea em Campinas para encontrar drogas (Foto: Reprodução EPTV)


Solução
Diez afirma que um trabalho em conjunto com a prefeitura e outros setores precisa ser feito para resolver o problema de degradação, com tratamento dos viciados, com encaminhamento das pessoas com menor poder aquisitivo e disponibilidade de tratamento psiquiátrico para os dependentes químicos. “Só a polícia prendendo não vai resolver esse problema. São feitas prisões diárias de traficantes nesta região, no entanto, cada vez que esse indivíduo é tirado daquele ambiente, logo em seguida tem outro substituto”, explica.
O secretário de Segurança, Sinval Dorigon, afirma que o terreno é um problema para a cidade. "Nós fazemos operações duas vezes por semana, desmontamos os barracos e no dia seguinte as pessoas voltam novamente. É uma constante esse trabalho, nós fazemos esse encaminhamento na área da saúde e quando é caso de segurança pública levamos para o distrito policial", revela Dorigon.

Operação

Durante a operação feita na manhã desta segunda-feira (19) próximo do Viaduto Cury, às margens da linha férrea, 13 pessoas foram encontradas consumindo drogas, segundo a GM. Foram apreendidos celulares, cachimbos, joia e drogas. Uma mulher grávida foi encaminhada para tratamento médico e outra aceitou ser levada para orientação psicológica.


Muro de proteção foi quebrado para facilitar a entrada na propriedade particular (Foto: Reprodução EPTV)
fonte: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2012/11/flagrantes-de-trafico-de-drogas-em-campinas-aumentam-15-diz-ssp.html



Nenhum comentário:

Postar um comentário