AMPARO LEGAL

Amparo legal para este blog: Constituição Federal
Art. 1º. A República Federativa do Brasil, foramada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
...
Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
...
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
...
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política...;
...
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente de censura ou licença;
Art. 220 - A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo nao sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º. - é vetada toda e qualquer censura de natureza política ideológica e artística.
Sem espaço no mídia para divulgar os trabalhos realizados pelas Guardas Municipais do Brasil, este blog é mais uma ferramenta aliada para ampliar as ações cotidianas desta força policial que atua na segurança pública municipal.
GUARDA MUNICIPAL, órgão do poder público, legalmente investido no cargo, capacitados e treinados para cumprir as missões que lhes competem, com atribuição policial, fiscaliza, vigia, guarda, com sua presença (fardada) de caráter preventivo promove ações de segurança pública municipal, investido do poder de polícia da administração pública.

GUARDA MUNICIPAL, JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!
GUARDA CIDADÃ - DESDE 1985 -PROTEGE, ORIENTA E AUXILIA -
ATENDE PELO TELEFONE (15) 3262.3244, 3262.1118 e 199 (Defesa Civil) 24 HORAS
Endereço para correspondência: Praça Duque de Caxias, 32 Centro - Cep: 18540000
e-mail: guarda.subinspetor@portofeliz.sp.gov.br
MEU CONTATO É: yvetegon@hotmail.com

Telefones de emergência
100- Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente (Nacional)
180- Delegacia Eepecializada do Atendimento à mulher
181- Disque denuncia
190 - Polícia Militar
193 - Bombeiros
194 - Polícia Federal
197 - Polícia Civil
199 - Guarda Civil Municipal e Defesa Civil (Porto Feliz)

A farda não é uma veste que se despe com facilidade ou até com indiferença, mas uma outra pele que adere a própria alma, irreversivelmente para sempre. (desconheço o autor)

Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher (Salmos 25/12)

Este blog está no ar desde 27/06/2011
Parou em 20/12/2015 por motivos politicos


Não serão públicados comentários no anonimato em cumprimento ao Art. 5 - IV É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. C.F.





segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

SAI UPP DA PM; ENTRA UGC DA GM

Muitos devem se lembrar que o governador Sérgio Cabral, atendendo a um pedido do deputado estadual Edson Albertassi, prometeu implantar uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Complexo Vila Brasília, em Volta Redonda, onde o tráfico de drogas ainda é constante. A presença de traficantes armados, também. A promessa foi feita em setembro de 2010. Na ocasião, Cabral garantiu que a UPP de Vila Brasília ficaria pronta até 2014. Ficaria é o termo certo, pois, até que se prove o contrário, Cabral teria voltado atrás na promessa feita a Albertassi e à população voltarredondense. De acordo com uma fonte ligada à área de Segurança Pública, o Governo do Estado teria comunicado, através de ofício encaminhado ao prefeito Neto, que o Complexo Vila Brasília – apesar de tratar-se de uma área onde a ação de criminosos é bastante notória – não comportaria uma UPP nos moldes das existentes nas favelas cariocas. A decisão estaria fundamentada também num levantamento feito pela própria secretaria estadual de Segurança Pública, que teria concluído que não há, na localidade, um fluxo ‘preocupante’ de bandidos. Nem armamento pesado. A mesma fonte vai além. Revela que outro projeto, similar ao das UPPs, está prestes a ser implantado em oito cidades do Sul Fluminense, das 13 que integram o Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública – cujo presidente atual é o prefeito de Barra Mansa, Zé Renato. Tratam-se de Unidades de Guarda Comunitária (UGCs).

fonte: http://www.jornalaqui.com.br/arquivo/2011/773/paginas/capa.htm
Ano 12 - Edição 773 - Volta Redonda e Barra Mansa - 14 de janeiro de 2012
 

AS GUARDAS MUNICIPAIS NO PAÍS REGULAMENTADAS POR LEI FEDERAL

É o que propõe o senador Blairo Maggi (PR-MT) no Projeto de Lei do Senado (PLS) 751/2011. A matéria está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde tramita em caráter terminativo. O projeto regulamenta as funções, atribuições e normas de organização básica das guardas municipais. De acordo com o texto, as guardas terão ações prioritariamente preventivas.

Entre as competências previstas, estão ações como vigiar e zelar pelo patrimônio municipal e educar e organizar a fluidez do trânsito. Também estão previstas ações de colaboração com a defesa civil e com a política militar do estado, inclusive em caso de policiamento ostensivo.

Na justificativa do projeto, Blairo Maggi diz "que, nos últimos anos, a criação de guardas municipais tem sido uma política de muitos governos, porém sem uma padronização e controle, uma vez que não existe uma lei federal regulando este importante órgão de apoio a segurança pública". O senador lembra que mais de 700 municípios brasileiros já possuem guardas municipais.

Para Blairo, é preciso regular a organização das guardas municipais em todo o país. "Bem estruturadas, as guardas municipais poderão prestar um atendimento de qualidade que, com certeza, refletirá no sentimento de segurança da sociedade", argumenta.

sábado, 28 de janeiro de 2012

GUARDA MUNICIPAL DE SÃO PAULO E APOSENTADORIA ESPECIAL: O GRANDE DESAFIO‏


                        PROFISSÕES ESPECIAIS E DEVIDO TRATAMENTO JURÍDICO





Está tramitando na CCJ da Câmara Municipal de São Paulo proposta que visa conceder aposentadoria especial aos integrante da GCM/SP. Mais uma vez esses profissionais estão merecendo por parte do Legislativo, o devido reconhecimento e tratamento jurídico adequado, em face de sua periculosa e insalubre atividade no âmbito dos programas e demais ações operacionais que desempenham. Como é de se esperar, alguns "líderes"(?) de sindicatos e associações entendem que tal proposta é inadequada, inoportuna e até desnecessária, fato que discordo totalmente. Mas enquanto nada de novo acontece no cenário jurídico nacional em face de tratar desse assunto, compete ao município olhar com o devido respeito e conceder aos GCMs uma aposentadoria digna e justa pelo tanto que fazem para a manutenção e ordenamento do nosso tão complexo espaço urbano.  Evidentemente que haverá por parte do executivo as devidas pressões para não aprovação (fato que espero sinceramente não ocorrer), mas trona-se imperativo que todos os que estão na ativa (Guardas, CDS e Inspetores) se unam em torno desses encaminhamentos que estão em curso. O momento é esse, e não podemos nos omitir de darmos a nossa contribuição e estarmos presentes nos debates que ocorrerão no curso desse projeto. Não podemos simplesmente deixar essa responsabilidade para um o outro, hoje é o momento! Cada um deve provocar os parlamentares para que decidam favoravelmente a essa questão. O Centro de Estudos em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH, já está apoiando esse movimento em torno dessa causa. Conto com vocês!


Profº João Alexandre
Centro de Estudos em Segurança Pública e Direitos Humanos - CESDH
Fórum Permanente de Segurança Pública "GCM Márcio Augusto Salles" da NCST/SP
Coordenador



sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

IPA BRASIL PEDE À SENASP QUE INCLUA AS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS NA PESQUISA DE QUALIDADE DE VIDA

IPA BRASIL PEDE À SENASP QUE INCLUA AS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS NA PESQUISA DE QUALIDADE DE VIDA
A Seção Brasil da International Police Association - IPA, enviou e-mail à Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP, solicitando a inclusão das integrantes das Guardas Civis Municipais na pesquisa que objetiva estabelecer o perfil das mulheres que trabalham nas instituições voltadas à segurança pública no Brasil.
O questionário está direcionado apenas às integrantes das Polícias Civis, Polícias Militares, Polícia Técnico Científica e dos Corpos de Bombeiros, deixando de reconhecer que nas Guardas Civis Municipais do país inteiro existem mulheres que exercem funções correlatas à daquelas instituições.
A seguir, o texto do e-mail que pede a inclusão das integrantes das Guardas Civis:

"A Sua Senhoria
O Senhor Responsável pela Pesquisa de Qualidade de Vida das Policiais
SENASP - MJ

       Respeitosamente, a International Police Association - IPA, entidade que congrega policiais em 62 países. pela sua Seção Brasil, vem apelar a V.Sa. no sentido de que sejam incluídas as integrantes das guardas civis municipais na pesquisa que visa estabelecer o perfil da mulher que trabalha nas atividades de segurança pública.
      Com efeito, a pesquisa, muito interessante e oportuna, está voltada às integrantes das polícias civis, militares, técnico-científica e dos corpos de bombeiros, deixando, inexplicavelmente, de incluir as bravas mulheres que integram as Guardas Civis municipais, que, no mesmo patamar, exercem funções análogas às de suas colegas das citadas corporações.
      Assim, na certeza de que V.Sa. haverá de reconhecer e corrigir a injusta exclusão, a IPA antecipadamente agradece.
                      Jarim Lopes Roseira
                            Presidente"


Pesquisa Mulheres nas Instituições de Segurança Pública

Prezado Profissional de Segurança Pública, A Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP/MJ está realizando pesquisa sobre a presença de mulheres nas Instituições de Segurança Pública. Trata-se de uma iniciativa pioneira, que visa a elaboração de um perfil nacional das mulheres integrantes das Polícias Civis, Polícias Militares, Polícias Científicas e dos Corpos de Bombeiros Militares. A pesquisa procura obter informações de forma mais ampla e aprofundada para a composição deste perfil, buscando conhecer as atividades que as mulheres realizam, as condições que encontram para o desempenho de suas atividades cotidianas, suas principais demandas e dificuldades, as iniciativas institucionais para qualidade e valorização profissional, qualidade de vida e saúde. Ao traçar este perfil, a pesquisa espera contribuir para dar visibilidade às mulheres integrantes das Instituições de Segurança Pública, razão pela qual também são abordados aspectos das relações profissionais entre homens e mulheres em cada uma das Instituições pesquisadas. A colaboração de todas as mulheres profissionais de segurança pública é muito importante para a pesquisa. Esclarecemos ainda que as respostas são anônimas, por meio do questionário online e deve ser feita por um único acesso e apenas por profissionais do sexo feminino. O questionário estará disponível a partir de 20 de janeiro até o dia 20 de fevereiro de 2012 nos links abaixo conforme a instituição da respondente.





Os resultados da pesquisa serão transformados em uma publicação e divulgados posteriormente no site do Ministério da Justiça. Espera-se ainda que o relatório final subsidie a elaboração e implementação de políticas específicas de valorização profissional, saúde e qualidade de vida para as mulheres do segmento. Na expectativa de contar com a participação de todas as mulheres profissionais de segurança pública, antecipadamente agradecemos sua disponibilidade e colaboração também na divulgação. Cordialmente, Equipe Projeto Qualidade de Vida/Pesquisa Mulheres nas Instituições de Segurança Pública Departamento de Pesquisa, Análise da Informação e Desenvolvimento de Pessoal em Segurança Pública - DEPAID Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP
 
 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

SENADOR PROPOE REGULAMENTAÇÃO DAS GUARDAS MUNICIPAIS

Da Agência Senado
As guardas municipais poderão ser regulamentadas por lei federal. É o que propõe o senador Blairo Maggi (PR-MT) no Projeto de Lei do Senado (PLS)751/2011. A matéria está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde tramita em caráter terminativo.
O projeto regulamenta as funções, atribuições e normas de organização básica das guardas municipais. De acordo com o texto, as guardas terão ações prioritariamente preventivas. Entre as competências previstas, estão ações como vigiar e zelar pelo patrimônio municipal e educar e organizar a fluidez do trânsito. Também estão previstas ações de colaboração com a defesa civil e com a política militar do estado, inclusive em caso de policiamento ostensivo.
Na justificativa do projeto, Blairo Maggi diz “que, nos últimos anos, a criação de guardas municipais tem sido uma política de muitos governos, porém sem uma padronização e controle, uma vez que não existe uma lei federal regulando este importante órgão de apoio a segurança pública”. O senador lembra que mais de 700 municípios brasileiros já possuem guardas municipais.
Para Blairo, é preciso regular a organização das guardas municipais em todo o país. “Bem estruturadas, as guardas municipais poderão prestar um atendimento de qualidade que, com certeza, refletirá no sentimento de segurança da sociedade”, argumenta. As informações são da Agência Senado.
 

GCM de Osasco divulga balanço de cursos e sonha com criação de um Centro de Formação Regional

 
 
O comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Osasco, Gilson Menezes, realizou um balanço dos cursos ministrados pela Divisão de Escola de Formação e Ensino (DEFE-GCM) entre os anos de 2005 e 2011 com o objetivo de demonstrar a qualidade profissional do agente de segurança pública da cidade. Para ele, quem mais ganhou neste período foi a população de Osasco, que hoje conta com uma Guarda mais humana e com um dos mais baixos índices de letalidade do país.

De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira, dia 24 de janeiro pelo Departamento de Segurança Urbana (DSU), o Centro de Formação e Ensino da GCM de Osasco ministrou, em 2005, um total de 9 cursos para 812 estudantes, divididos em 66 turmas. Eles tiveram mais de 1.104 horas de conteúdo total e 180 horas/aula. 

Neste período, os principais cursos oferecidos foram: Formação de Multiplicadores – instrutores; Uso da Tonfa (equipamento de proteção ao GCM; Ordem Unida e Correção de Posturas – Inspetores, Graduados e GCMs, Policiamento Preventivo Comunitário; Aprimoramento do Corpo de Vigilância; além de cursos ministrados em parceria com outras instituições, como: Aprimoramento Profissional e Segurança Escolar e Inspetores de Alunos.

Em 2006, a GCM de Osasco contou com um total de 5 cursos e a participação de 618 alunos, divididos em 12 turmas. No entanto, o total de horas saltou de 1.104, em 2005, para 2.263. Neste ano, ganharam destaque os cursos de Policiamento Preventivo Escolar; Formação do Policiamento Ciclístico; Código de Defesa do Consumidor (Procon) e Formação de Vigias para área da Saúde, dentre outros.

Já em 2007, a GCM de Osasco realizou o aprimoramento profissional de guardas das cidades de Embu e Suzano. Foram 104 profissionais que tiveram mais de 960 horas de atividades, somando-se as duas turmas. A GCM de Osasco também ministrou o curso de Policiamento Ciclístico para guardas de Pirapora do Bom Jesus. Neste ano, foram ministrados 6 cursos para 360 alunos e um total de 1.406 horas de atividades. O Centro de Formação ainda ofereceu 1.390 horas de cursos na formação de Classe Distintas aos GCMs 1ª Classe.

Em 2008, foram oferecidos 11 cursos para um total de 806 estudantes, divididos em 19 turmas, num total de 800 horas de atividades. Os GCMs receberam cursos de: Tiro e Manuseio de Arma de Fogo; Uso de Drogas; Gestão Local de Segurança Pública; Pilotagem Defensiva com Motocicletas; Panorama Brasil Cinema e Direitos Humanos (USP) e Pirataria Audiovisual e Fonográfica (Fizo/Anhanguera); dentre outros. 

Em 2009, foram ministrados 10 cursos para 1.330 profissionais – o mais alto número de participações nos cursos desde 2005. Foram formadas 50 turmas e 2.851 horas de atividades oferecidas aos GCMs. Neste ano, 80 guardas das cidades de Embu das Artes, Piedade e Embu Guaçu receberam 550 horas/aula de treinamento. Os GCMs de Osasco receberam ainda cursos de Conveniência e Segurança Cidadã; Juventude e Prevenção da Violência; Uso e Manuseio de Pistola 380; Capacitação de Armas Não Letais; Direção Defensiva, além de outros cursos.  

O ano seguinte, de 2010, foi o campeão de cursos, com 12 ofertas para um total de 424 profissionais, divididos em 21 turmas formadas, e total de 2.809 horas de atividades. A GCM de Osasco trabalhou também na formação de GCMs das cidades de Piedade, Caieiras e Ferraz de Vasconcelos (total de 28 GCMs), além de oferecer curso de aprimoramento para 33 GCMs de Embu das Artes. Ganharam destaque os cursos de Libras; Conscientização e Sensibilização da População de Rua; Crimes Eleitorais; Violência contra a Mulher e Qualidade no Atendimento ao Público.

Em 2011, 697 profissionais passaram pelo Centro de Formação e Ensino (CEF) da GCM de Osasco. Foram ministrados 11 cursos, 27 foram turmas formadas, e um total de 3.562 horas de atividades ministradas, o maior desde a oficialização dos trabalhos do CEF, em 2005.

Desta forma, de 2005 a 2011, foi ministrado um total de 62 cursos para 5.047 estudantes, divididos em 201 turmas que incluíram guardas de Osasco e de outras cidades. O total de horas aplicadas chegou a 14.802. Segundo ainda relatório do Departamento de Segurança Urbana, a GCM de Osasco alcançou números bastante expressivos no treinamento, qualificação, capacitação e aprimoramento de outras guardas. Foram ministrados cursos para 559 alunos, divididos em 23 turmas, em 4.643 horas/curso, num total de 5.353 horas. Neste período, Osasco recebeu GCMs das cidades de Botucatu, Embu, Suzano, Pirapora do Bom Jesus; Vargem Grande Paulista, Piedade, Embu Guaçu, Caieiras, Ferraz de Vasconcelos, Ibiúna, Jandira, Carapicuíba e São Paulo.

Criação de um Centro de Formação e Ensino Regional da Região Oeste

Para o comandante, o momento é importante para sensibilizar a SENASP (Secretaria Nacional de Segurança Pública), órgão ligado ao Ministério da Justiça, da necessidade de regionalizar o Centro de Formação e Ensino de Osasco em um pólo macro-estratégico devido ao crescente aumento da procura de outros municípios brasileiros por cursos de capacitação inicial e continuada. “Nossa demanda por cursos de capacitação de agentes de outras cidades aumenta muito, mas precisamos de um olhar especial da SENASP para nos ajudar a colhermos os pedidos de outras cidades”, disse.

“Hoje, nos tornamos um pólo educacional na área de segurança voltada para a formação inicial e continuada de GCMs. Por isso, pensamos na possibilidade de criarmos um projeto macro, que é um Centro de Formação Regional da Região Oeste. Esperamos num futuro próximo contar com o apoio do governo federal para que esta realidade possa sair do papel”, complementou.

Confira avanços alcançados em outras áreas:

Mudança da grade curricular para adequar à realidade do cidadão

“Recentemente a grade curricular da GCM foi atualizada e hoje está mais moderna. A carga horária saltou de 700 horas/aula para 800, em um modelo de grade flexível. O SENASP recomenda 530 horas/aula, estamos acima do exigido. Com isso, a formação em Osasco pula de 4 meses e meio para um total de 5 meses. Essa mudança altera a qualidade da formação do agente no sentido de atender as necessidades e demandas do munícipe. Estamos acrescentando também a disciplina Posturas Municipais. Ou seja, ela tratará da fiscalização de qualquer natureza realizada na cidade e atende uma prerrogativa da criação da Secontru, em conformidade com o Departamento de Controle Urbano”, avaliou o comandante. 

Valorização do GCM

“A política de valorização profissional do GCM de Osasco não passa apenas pela compra de equipamentos ou pela política de reajuste salarial, mas por toda a sua formação diária e cumprimento de normas e procedimentos de atuação do guarda junto ao cidadão. A valorização do GCM é conseqüência da política criada em 2005 pelo prefeito Emidio de Souza e endossada pelo secretário de Segurança e Controle Urbano, José Amando Mota, por meio da excelência na formação profissional e continuada. Prova disso, é que após 7 anos de governo temos raras queixas na Corregedoria Geral, que é um órgão autônomo e independente, além do baixo número de reclamações e de denúncias de abusos de guardas no exercício da função na Ouvidoria Geral do Município”, avaliou.    

Modelo para o Brasil

O comandante disse ter recebido também recentemente contato de autoridades da cidade de Joanópolis, no interior de São Paulo, divisa com o estado de Minas Gerais, interessados na formação de 10 novos GCMs da cidade. “Em breve eles devem entrar em contato com o prefeito Emidio e acertar os detalhes da visita”, resumiu. Menezes também disse ter recebido o contato de outras cidades de Minas Gerais, de autoridades da cidade de São José dos Pinhais, no Paraná, e São Luís, no Maranhão, que estão adaptando o Centro de Formação maranhense com base nas estruturas de Osasco. “Muitas cidades do Brasil estão aproveitando nosso modelo e os adaptando às suas realidades”, comentou. 

Novos Cursos de Aprimoramento

“Neste ano abriremos um curso de aprimoramento profissional de 80 horas/aula para GCMs que se formaram, começando pelos mais antigos. Ele acontecerá no segundo semestre e definiremos data. Serão turmas em torno de 25 alunos, que terão aulas por duas semanas. Os cursos de aprimoramento acontecem todos os anos desde 2005, mas este é diferenciado”, anunciou.

Arma é o último recurso utilizado pela GCM de Osasco

“Com a política de formação, hoje procuramos diminuir ao máximo o uso da arma de fogo, que atualmente é o quinto item a ser usado pela GCM de Osasco. Na lista de prioridades o primeiro é a postura e o conhecimento teórico e técnico do guarda, isto é, a capacidade dele em resolver conflitos. O segundo item é o uso da tonfa para rechaçar uma agressão. É um item de proteção do agente. O terceiro é o gás espagedor [spray de pimenta] para coibir uma ação violenta do agressor, possibilitando ao agente imobilizá-lo. O quarto item é o uso da pistola teaser para inibir de vez o agressor. Desta forma, a arma de fogo é nosso último recurso e deve ser usado, de preferência, quando houver o disparo de outra arma de fogo. Com isso, tentamos ser o menos letal possível e procuramos respeitar a vida do cidadão. Essa ação ocorre devido à conscientização do efetivo, mas, sobretudo, pela boa formação inicial e continuada”.  

Equipe de instrutores é altamente qualificada no Centro de Formação

“Temos muitos profissionais qualificados e contamos com muitos palestrantes convidados no Centro de Formação. Podemos destacar a parceria da OAB-Osasco, da Polícia Civil (Denarc), do Exército Brasileiro, da Polícia Militar (Corpo de Bombeiros), Polícia Técnico Científica (IC) e da Força Nacional, que nos deu curso de utilização para uso da arma Teaser. Contamos também com agentes da própria corporação, que, em sua grande maioria, tem formação em ensino superior e alguns têm pós-graduação. Do ponto de vista técnico, isso nos dá mais tranqüilidade e nos faz acreditar que os novos profissionais estão sendo bem preparados”.  
GCM de Osasco colabora com prisão de homem que abusava sexualmente de duas crianças

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Osasco atuou de maneira decisiva na prisão de um pedreiro de 65 anos acusado de ter abusado sexualmente de duas crianças de 7 e 9 anos. O caso aconteceu no dia 20 de janeiro, na rua Sacerdote Isaac, 19, no Jardim Conceição. 

De acordo com relatos da GCM de Osasco Ana Paula Ferreira, ela foi chamada por volta das 11h30 para atender uma denúncia de S.M.S, uma segurança de 39 anos. Segundo a GCM, S. acusava F.I.S., um pedreiro de 65 anos, de ter abusado sexualmente de seu filho, L.F.A., um menino de 9 anos. 

Em depoimento à polícia, L. contou que ficava na casa de F. e sua esposa – também sua cuidadora - M.R.S., dona de casa de 43 anos, e certo dia começou a ser abusado pelo marido dela. A mãe do garoto disse também em depoimento que trabalhava de dia e deixava o filho com o pedreiro e sua esposa. Ela disse ter estranhado quando o garoto comentou que não queria ficar mais na casa do homem, mas também se negava dizer o motivo pelo qual não queria permanecer lá.

Na delegacia, a esposa do pedreiro disse aos policiais perceber que, quando se ausentava, seu marido chamava outras crianças para dentro de sua casa e comprava balas para agradá-las. A mulher de F. ainda informou que alguns dias atrás estava deitada, se recuperando de uma cirurgia, quando se dirigiu ao quarto de sua filha e viu T.O., uma menina de 7 anos, deitada na cama. Ela disse ter certeza que seu marido estava no quarto com a garota, mas quando ele foi questionado, disse a ela que a jovem havia pulado a janela para brincar com ele.

Procurada pelos guardas, a mãe da menina, D.A.O., uma cantora de 35 anos, foi encontrada e também compareceu à delegacia para prestar depoimento. Ela disse não ter tido conhecimento dos fatos, pois a garota permanecia parte do dia com a avó, em outra casa, e disse ainda que a menina esta sob a guarda do bisavô, que não pôde ir à delegacia por motivos de saúde.

A garota de 7 anos confirmou em depoimento que F. lhe oferecia doces e também a chamava para ir até a casa dele, onde passava a mão em todo o corpo dela. Segundo relatos da jovem, ele ainda teria abusado de outras duas meninas, S. e E. 

O caso foi encaminhado para o 2º Distrito Policial, no Jardim Helena Maria. Após o depoimento das vítimas e das testemunhas, a delegada Rosângela Máximo da Silva indiciou o pedreiro pelo crime de estupro de vulnerável, delito previsto no artigo 217-A, do Código Penal Brasileiro. A polícia ainda investiga o caso e está à procura das outras duas meninas apontadas por T em depoimento.

A delegada determinou que as crianças passassem pelo exame sexológico no Hospital Pérola Byington, onde se confirmou o abuso. Mesmo com o trauma, as crianças passam bem. O homem detido permanece na Cadeia Pública de Osasco à disposição da Justiça. Se condenado, F. pode pegar pena de 8 a 15 anos de reclusão.
Homem é preso com DVDs piratas por GCMs de Osasco

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Osasco prendeu em flagrante no dia 20 de janeiro, na rua Sarah Veloso, 222, no Jardim Veloso, um homem que comercializava produtos piratas no local.

De acordo com relatos do GCM de Osasco Antonio Carlos de Souza, ele foi chamado por volta das 11h30 para atender uma ocorrência de venda ilegal de DVDs. Ao cumprir determinação da operação de caça à produtos irregulares, o GCM foi agredido verbalmente por B.T., um vendedor ambulante de 27 anos, quando o informou que recolheria sua mercadoria por falta de notas fiscais.

Carlos Almeida, de 54 anos, também GCM de Osasco, acompanhado por João Carlos Moreira, Caio Cesar Santana e José Alves dos Reis, fiscais da Prefeitura, testemunharam os xingamentos e também presenciaram os GCMs Antonio e Carlos dando voz de prisão ao ambulante por desacato a autoridade pública no exercício da função. B. resistiu à prisão e quando foi algemado pelos GCMs, A.M.A., de 20 anos, também vendedora ambulante, partiu para cima de um dos guardas, xingando-o e tentando agredi-lo fisicamente, para que B. não fosse algemado.    

O caso foi encaminhado para o 2º Distrito Policial, no Jardim Helena Maria. Foram aprendidos cinco sacos plásticos com DVDs piratas. A delegada, Rosângela Máximo da Silva, determinou que os envolvidos assinassem o auto de exibição de apreensão de entrega da mercadoria e em seguida todos foram liberados.

Departamento de Comunicação Social
Telefones: (11) 3652-9456 / 3652-9520
Jornalista: Ricardo Datrino
Diretora: Emilia Cordeiro

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

GUARDA AMBIENTAL PARTICIPA DE EVENTO ESPORTIVO INTERNACIONAL NA GUARAPIRANGA


Guarda Ambiental participa de evento esportivo internacional na Guarapiranga

As atividades esportivas iniciaram dia 21/01 e vão até 08/04, no Espaço Arena – Praia do Sol. A expectativa é que compareçam mais de 4 mil pessoas.

A abertura oficial será neste domingo (22/01) e contará com a participação dos Secretários Municipais de Segurança Urbana, Edsom Ortega; de Esportes, Webe Rezeck e demais autoridades. A Guarda Ambiental explicará, em uma tenda, as ações da Operação Defesa das Águas (ODDA) – convênio entre o Estado e Prefeitura de SP para proteger e recuperar as áreas de interesse público, de risco, ambientais e de mananciais – bem como a atuação da GCM, na fiscalização das operações da ODDA.

Os participantes do evento poderão visitar as tendas da Secretaria Municipal de Segurança Urbana, por meio da Guarda Civil Metropolitana e da Operação Defesa das Águas, da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, da Subprefeitura de Capela do Socorro, para conhecer os trabalhos desenvolvidos pelos órgãos.

A Guarda Ambiental apresentará uma exposição de fotos mostrando sua atuação, além de disponibilizar ao público, folhetos sobre suas ações. A corporação possui hoje 540 agentes, que utilizam viaturas, motos e embarcações para a fiscalização integrada da Operação Defesa das Águas, além do sobrevôo semanal de helicópteros.

A GCM estará presente ainda no evento, com efetivo de 20 guardas, atuando 24 horas, com vistas aos programas da corporação: apoio aos agentes públicos, proteção ao parque e controle e fiscalização do espaço público, coibindo o comércio ilegal.

No espaço Arena acontecerá a terceira edição, na Guarapiranga, do Desafio Internacional de Beach Soccer e do Beach Volley, com as principais equipes internacionais das duas modalidades. O verão 2012 da capital paulista contará com as seleções Brasileira (invicta com seis vitórias), tetracampeã da Copa do Mundo FIFA de Beach Soccer (2009/2008/2007/2006); de Portugal, da Espanha, dos Estados Unidos, da Suíça, da Rússia, do Uruguai e da Argentina, na sétima edição (realizada no Brasil) do Desafio Internacional de Beach Soccer.

Programação:

Desafio Internacional de Beach Soccer - Brasil x Seleção do Mundo
Dia - 22 de janeiro, domingo
Horário - 10h

Desafio Internacional de Beach Volley - Brasil x EUA
Dias - 28 e 29 de janeiro
Horário - Sábado, a partir das 14h
Domingo, a partir das 10h

Local - Arena Guarapiranga
Praia do Sol - Represa de Guarapiranga
Altura do número 3.770 da av. Atlântica (antiga av. Robert Kennedy)
Entrada gratuita

As atividades contam com o apoio da Prefeitura de São Paulo através da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação, da Secretaria do Verde e Meio Ambiente, Subprefeitura da Capela do Socorro, Guarda Civil Metropolitana, CET, Polícia Militar, entre outros. Ainda estarão à disposição do público, duas ambulâncias, uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e um posto médico no local.

Atenciosamente,



Assessoria de Imprensa e Comunicação

Secretaria Municipal de Segurança Urbana

Email: smsuimprensa@prefeitura.sp.gov.br

Site: www.prefeitura.sp.gov.br/segurancaurbana

Blog: www.secretariadesegurancaurbana-oficial.blogspot.com

Twitter: www.twitter.com/segurancaurbana

Tels: (55)11 3124-5192/3124-5193/3124-5194/3124-5117/6524-4472/6524-3904


GUARDA MUNICIPAL INICIA PREPARAÇÃO PARA A COPA DE 2014

Grupo especializado que atua no Centro Histórico já está no segundo módulo do Curso de Inglês
 
 
 Na manhã de hoje (19), na Casa do Benin - Pelourinho, foi lançado mais um módulo do Curso de Língua Estrangeira (Inglês) projetado para o Grupo de Apoio ao Turista (GAT) da Guarda Municipal de Salvador. Na ocasião, estiveram presentes diversas autoridades, dentre estas Ailton Ferreira, Secretário da Reparação (SEMUR); Marcos Palmeira, Assessor da SALTUR; Cel. Roberto Fiúza, Assistente Militar da Prefeitura; Oghafua Osemwegie, Representante da Associação dos Comerciantes do Pelourinho (Acopelô); Leonel Leal, Gestor Municipal da Copa do Mundo (ECOPA); Amilton Freitas, Supervisor da Guarda Municipal lotado no Centro Histórico; além do Superintendente de Segurança Urbana e Prevenção a Violência – SUSPREV, Sérgio Raykil.
       Ao expressar sobre a importância da autarquia que comporta a Guarda Municipal de Salvador, o Secretário da Reparação, Aílton Ferreira, relatou sobre o cuidado que o poder público deve ter com áreas como o Centro Histórico de Salvador (CHS). “A Guarda tem grande importância para a preservação e desenvolvimento da cidade, pois agrega, qualifica e soma para o crescimento de Salvador” afirmou Ferreira. 
     Durante o evento, foi realizada a palestra “A Preparação dos Guardas Municipais para a Copa do Mundo – 2014”, ministrada pelo Professor Leonel Leal. Diversas temáticas que envolvem a preparação para a Copa do Mundo foram abordadas pelo palestrante, dentre estas, investimentos em infra-estrutura, hotelaria, qualificação do comércio informal e segurança. “O Pelourinho é uma grande referência para Salvador. Qualificar a Guarda para atender bem ao turista e aos munícipes é uma forma de destacar e valorizar espaços como este”, relatou Leonel. 
       De acordo com Renata Nascimento, Gerente de Desenvolvimento e Corregedoria - GDCOR, no primeiro módulo, concluído em dezembro de 2011, os agentes da Guarda Municipal puderam aprender as noções básicas da língua. “Os Guardas têm a oportunidade de praticar com maior intensidade o aprendizado da língua inglesa, facilitando assim uma maior assimilação do conteúdo passado”, relata Nascimento. “O Guarda Municipal é visualizado pelo turista como uma fonte de informação segura, por isso devemos estar preparados para atender a necessidade de conhecimento de nossos visitantes”, afirma Elza Carolina, Chefe do Centro de Formação da Guarda Municipal de Salvador. Para o Superintendente Sérgio Raykil, a formação continuada tem colaborado para os resultados positivos que vêm sendo atingidos pela Guarda Municipal de Salvador. “Com o alto índice de aproveitamento teórico e prático de nossos servidores, a população de Salvador tem ganhado muito com isso, nos incentivando ainda mais a buscar melhores resultados”, afirma Raykil.
        A carga horária total da formação que visa a preparação para a Copa de 2014 será de 360 horas ao longo de dois anos. Além do curso de inglês, os agentes terão módulos de Língua Espanhola; Ética; Introdução ao Estudo do Turismo; Antropologia e Psicologia aplicadas ao Turismo; Estudo da Lei 01/91, do Estatuto da Criança e do Adolescente e da Legislação Turística; Direitos Humanos e Política da Paz; Noções de Relações Públicas, Relações Internacionais e Diplomacia; Técnicas de Negociação e Resolução de Conflitos; Noções de Escolta e Acompanhamento de Autoridades; Noções de Defesa Pessoal e Uso Progressivo da Força; e Primeiros Socorros. 

Atenciosamente,

Noel Tavares DRT 2720
Assessoria de Comunicação
Superintendência de Segurança Urbana e Prevenção à Violência- SUSPREV
Guarda Municipal do Salvador
 

CRACK TEM VENCIDO GONVERNOS DIZ SECRETÁRIA NACIONAL DE SEGURANÇA

A luta contra o crack ainda não está sendo vencida pelas autoridades,admitiu nesta quarta-feira a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Mikki. Ela acompanhou o trabalho das equipes da prefeitura do Rio de Janeiro e da polícia em uma operação de acolhimento e combate à droga nesta manhã na cracolândia da Favela do Jacarezinho, zona norte da capital fluminense.
Ela adiantou ainda que no dia 4 de janeiro ocorrerá um encontro na capital fluminense entre representantes dos três níveis de governo para discutir a questão. "É preciso que, nesse encontro, as autoridades reconheçam que todos ainda estão perdendo essa guerra contra o crack. Não podemos jamais perder a indignação e precisamos, cada vez mais, pactuar nossas forças para enfrentarmos o problema juntos", disse.
Regina Mikki elogiou o trabalho desenvolvido pela prefeitura do Rio, mas ressaltou que são necessárias algumas mudanças. "As iniciativas adotadas pelo Rio são plausíveis e, como qualquer novo modelo de trabalho, precisa de alguns ajustes. São ações importantes e que precisam ser ampliadas para o País."
Para o secretário municipal de Assistência Social, Rodrigo Bethlem, a presença da secretária durante a operação reforça a integração entre os governos municipal, estadual e federal no combate ao problema. "Acredito que vamos avançar muito com esse trabalho, principalmente pela disposição do governo federal com esse novo plano de enfrentamento ao crack."
A operação resultou no acolhimento de 91 pessoas, sendo 84 adultos e sete crianças e adolescentes, segundo a prefeitura. Após a visita ao Jacarezinho, a secretária nacional de Segurança Pública esteve na Central de Recepção Carioca, no centro da cidade, e na Casa Viva, uma unidade de atendimento a jovens e crianças com dependência química, no bairro de Laranjeiras, zona sul da cidade.
 
 

GUARDAS MUNICIPAIS DE UBERABA AUMENTA EFETIVO

Posse dos guardas municipais

Mais 43 guardas municipais tomaram posse no cargo nesta segunda-feira no Centro Administrativo da Prefeitura de Uberaba. Com isso, o contingente passa a ser de 140.
De acordo com o comandante Marco Túlio Gianvecchio, o aumento do efetivo possibilitará ampliar as equipes da Patrulha do Silêncio de duas para cinco, atendendo determinação do prefeito Anderson Adauto (PMDB). Ele informa que o motopatrulhamento escolar dobrará de quatro para oito, bem como o policiamento no trânsito, de 10 para 20 guardas. As Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) passarão a contar com o policiamento 24 horas ao dia.
Ainda segundo Gianvecchio, haverá o aumento do contingente no Mercado Municipal, entre outros locais. Já o serviço de ronda passa a ser feito por duas viaturas. “Com os novos guardas, poderemos melhorar os serviços e as parcerias com os demais órgãos de segurança pública”, observa. Os novos guardas têm prazo de até 15 dias, a partir desta segunda-feira, para se apresentar ao comando e assumir suas funções.
FONTE: http://www.jmonline.com.br/novo/?noticias,6,POL%CDTICA,56229

FUTUROS AGENTES DA GUARDA MUNICIPAL DE COLOMBO INICIA CURSO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Guarda Municipal de Colombo inicia a capacitação dos seus agentes

Aula inaugural foi proferida pelo Comandante Geral da Polícia Militar do Paraná Coronel Roberson Luiz Bondaruk

Reunidos no auditório da Regional Maracanã, em solenidade presidida pelo prefeito J.Camargo, os futuros agentes da Guarda Municipal de Colombo iniciaram o curso de formação técnico-profissional na manhã desta segunda-feira.
A aula inaugural ficou sob a responsabilidade do Coronel Roberson Luiz Bondaruk, Comandante Geral da Policia Militar que é a instituição responsável pela formação e orientação da nova corporação no município através do seu 17° Batalhão.
Antes de declarar abertos os trabalhos na solenidade oficial o Prefeito J.Camargo fez questão de destacar os esforços que levaram à criação da Guarda Municipal e lembrou a grande expectativa que a população Colombo tem para com o início da atuação deste grupo que segundo ele vai contribuir decisivamente para a melhoria das condições de segurança da cidade.
“Estamos confiantes na capacidade de cada um de vocês em fazer o melhor e o que sempre peço a todos nossos agentes públicos que nosso diferencial está em fazer o algo mais. Assim, com certeza vamos atender as expectativas que se faz em torno da atuação da nossa guarda municipal”, disse o Prefeito.
Aula Inaugural
Os novos conceitos, filosofia e princípios da Polícia Comunitária foram os principais aspectos destacados pelo Coronel Bondaruk em sua aula que destacou ainda a necessidade da ampliação da visão sobre a segurança e a participação da sociedade, que segundo ele, não se constrói cidadania e nem tão pouco segurança sem o envolvimento cidadão. A descentralização das ações da polícia também foi apontada como uma tendência, e cada policial, é um gestor de segurança na localidade onde atua.
O Comandante fez várias análises de conjuntura que envolvem os delitos registrados na população, situações que favorecem à criminalidade e atitudes que contribuem para o aumento da segurança. O comandante exemplificou com imagens de imóveis vulneráveis à ação de criminosos.
Na sexta-feira (20), os futuros agentes da Guarda Municipal tiveram um primeiro encontro com a Secretária Municipal da Administração, Rita de Cássia Gonçalves, que deu as boas vindas e falou do processo de capacitação que foi elaborado para que cada um dos Agentes tenham as boas condições de intervir melhorando a segurança ao colaborar com as polícias Militar e Civil de Colombo.
Além do Prefeito J.Camargo, do Comandante Geral da Polícia Militar e da Secretária Rita de Cássia Gonçalves, participaram da solenidade os comandantes dos diversos setores da Secretaria de Estado da Segurança Pública, o vereador Oliveira da Ambulância, secretários municipais, diretores e familiares dos futuros agentes.

FONTE:


GUARDA CIVIL METROPOLITANA RECEBE TREINAMENTO PARA IDENTIFICAR PIRATARIA/CONTRAFAÇÃO

GCM recebe treinamento para identificar pirataria/contrafação

Cerca de 50 agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) participaram de mais um treinamento para identificar a pirataria/contrafação. O treinamento capacita e aprimora o conhecimento dos guardas civis, com vistas nas operações integradas para coibir estes crimes.

Os agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) participaram nesta segunda-feira (23/1), na sede do Comando da GCM, de mais um treinamento para identificar a pirataria/contrafação. O treinamento capacita e aprimora o conhecimento dos guardas civis, com vistas nas operações integradas, dos organismos do Gabinete de Segurança e da Secretaria Municipal de Segurança Urbana, para coibir estes crimes.

Cerca de 50 agentes participaram do treinamento, ministrado por palestrantes do Fórum Nacional de Combate à Pirataria (FNCP) e do Grupo de Proteção à Marca (BPG), que discorreram sobre a identificação dos produtos originais, principais diferenças entre os falsificados, além dos estudos que apontam para os malefícios à saúde do uso de óculos, tênis e brinquedos pirateados. Outro assunto abordado foi a rede de comércio ilegal.

Alguns casos de repercussão na imprensa, como explosão de isqueiros, foram citados como exemplo da má qualidade dos materiais, bem como imagens de produtos pirateados que contém materiais cortantes ou quebráveis, como, por exemplo, brinquedos, para retratar os riscos que as pessoas estão expostas ao adquirir falsificação.

Edsom Vismona, presidente do FNCP, esteve presente na abertura do evento e falou da rede do comércio ilegal, afirmando que “engana-se quem acha que pirataria é algo isolado”, ressaltando o trabalho realizado pela GCM e parceiros no combate à pirataria e a repercussão positiva que está sendo em outros estados.

No evento, os participantes puderam comparar os produtos originais e piratas das principais marcas de bolsas, tênis, óculos, relógios, isqueiros, brinquedos, canetas e vestuário, monitorados pelos palestrantes, que ensinavam aos Guardas Civis Metropolitanos analisar os detalhes, manuseando os produtos, como etiquetas, acabamento, selo de controle, entre outros, para identificação dos originais e falsificados.

O trabalho escravo foi outro tema discutido no treinamento. Para o representante da Intellectual Property Consulting (IPC), integrante do Fórum Nacional de Combate à Pirataria. “As empresas que produzem os produtos piratas são muito bem estruturadas e muitas os viabilizam por meio de trabalho escravo”, afirmou.

Todos os participantes serão certificados pelo Centro de Formação em Segurança Urbana.

FONTE:


POPULAÇÃO DE LONDRINA APROVA USO DE ARMAS NA GUARDA MUNICIPAL

LONDRINENSES APROVAM USO DE ARMAS NA GUARDA MUNICIPAL

O Instituto Portinari e a rádio Paiquerê AM divulgaram na manhã desta terça-feira (24) uma pesquisa de opinião sobre a avaliação popular da administração do prefeito de Londrina, Barbosa Neto. O levantamento, realizado entre os dias 18 a 21 de janeiro com a participação de 700 entrevistados, apontou que 78,9% dos londrinenses aprovam a utilização de armas pelos guardas municipais.

O município já adquiriu 75 pistolas e 15 revólveres e o efetivo da Guarda Municipal deve passar por treinamento no 5º Batalhão da Polícia Militar. Apesar da aprovação dos londrinenses, o coordenador da ONG Londrina Pazeando e presidente do Conselho de Cultura e Paz, Luís Cláudio Galhardi, afirmou que a tendência no Brasil é o desarmamento das guardas municipais, o que coloca Londrina na contramão.

"No mesmo ano que a Guarda foi criada em Londrina, a cidade de São Paulo tirou as armas de 3 mil guardas municipais e outros 2 mil continuaram armados. No Rio de Janeiro, a Guarda trabalha desarmada", informou. " Essa é uma questão controvérsia. Outras pesquisas mostraram um resultado diferente na cidade", ponderou com cautela.

Ele ressaltou a importância da integração entre as polícias Militar, Civil e Federal com os guardas municipais para evitar o uso de armas em determinadas ocorrências. "A Guarda deve descobrir o seu papal na comunidade. Em situações de confronto, as outras polícias podem entrar em ação. Se foi resolver tudo com armamento, é melhor aumentar o número de PMs do que investir no treinamento de um pessoal novo", opinou.

Gualhardi comentou que o excesso de armas é perigoso e aumenta os riscos de acidentes. No entanto, ele admite a necessidade do armamento em alguns casos para segurança do guarda. "Como movimento pela paz, nós defendemos o desarmamento de parte da Guarda Municipal. Claro que isso depende do local e do tipo de ocorrência que será atendida", avaliou.

FONTE:

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

ROMU DE POÇOS DE CALDAS LANÇA ESTATÍSTICA DE 2011

O trabalho que a Equipe ROMU vem desenvolvendo veio para somar e apoiar na segurança pública, destacando no combate de tráfico e uso de drogas nos próprios municipais, dentre eles praças publicas e escolas, trasendo mais segurança a população de poçoscaldense.
Os dados a seguir sao baseados nas ocorrências atendidas somente pelo grupamento ROMU, e a disposição para qualquer duvida.



ATENDIMENTO DE OCORRÊNCIA EM 2011

TOTAL DE OCORRENCIA = 1401
PESSOAS ABORDADAS = 1993
PESSOAS PRESAS/ CONDUZIDAS= 225
SENDO 95 % ENVOLVENDO SUBSTANCIA INTORPECENTE .
A Equipe ROMU agradece a colaboração de toda a população por acreditarem nesse grupamento que a cada ganha mais força para enraizar no solo da segurança pública.
Continuamos a disposição. Nosso telefone emergencial é 153.
Não pergunte se somos capazes, dê nos a missão.

FONTE: http://guardaverde.blogspot.com/

GUARDAS MUNICIPAIS DO RIO APREENDEM MAIS DE MIL MÍDIAS NA ZONA OESTE


Rio - Agentes da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) apreenderam 1.375 mídias que estavam sendo comercializadas irregularmente em Campo Grande e na Taquara. Pela manhã, os guardas da 13ª Inspetoria (Campo grande) apreenderam 425 mídias na Rua Iaçu , altura do número 55, em Campo Grande.
Já no período da tarde, os guardas da 7ª inspetoria (Praça Seca) apreenderam 950 mídias no Largo da Taquara. O material apreendido foi encaminhado para a 35ª DP (Campo Grande) e para a 32ª DP (Taquara).

FONTE: http://odia.ig.com.br/portal/rio/html/2012/1/guardas_municipais_apreendem_mais_de_mil_midias_na_zona_oeste_219323.html

DENARC ABRE INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE PREVENÇÃO AO USO INDEVIDO DE DROGAS

Estão abertas ao público, de hoje (18) a 27 de janeiro, as inscrições para o Curso de Capacitação de Agentes Multiplicadores na Prevenção ao Uso Indevido de Drogas, da Divisão de Prevenção e Educação (Dipe), do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc).
O curso terá 20 horas/aula e será realizado de 30 de janeiro a 3 de fevereiro, das 9:00 às 13:00, na Rua Rodolfo Miranda, nº 636, Bom Retiro, Centro da Capital, e os participantes que o concluírem receberão um certificado da Dipe/Denarc.
Os interessados deverão preencher e enviar o requerimento abaixo por e-mail: dipe.denarc@policiacivil.sp.gov.br , via fax: (11) 3815-8761, ou ainda pessoalmente no setor de Cursos e Palestras da Dipe, no 1º andar da sede do Denarc.
As vagas são limitadas e poderão ser preenchidas antes do término das inscrições. Maiores informações podem ser obtidas, exclusivamente, pelo telefone fax. As informações são do portal da Polícia Civil do Estado de São Paulo.



GUARDA MUNICIPAL DE BOA VISTA PARTICIPA DE TREINAMENTOS OFERECIDOS NA ACADEMIA DE POLÍCIA INTEGRADA CORONEL SANTIAGO (API-RR) PARA FORMAR POLICIAIS DE ELITE

Estado investe na formação de policiais de elite


Os investimentos na segurança pública de Roraima estão entre as prioridades do governo do estado. A formação e a qualificação de profissionais que atuam nas forças de segurança podem ser vistas nos cursos de formação em diversas áreas, oferecidos na Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago (API-RR).
No sábado (21), 18 homens que participam do curso de Operações Especiais ministrado na API embarcam para a cidade do Rio de Janeiro para finalizar mais um módulo do treinamento. “Serão 40 dias de intenso trabalho para formar policias de elite para nossa força de segurança”, explicou o coordenador do curso, tenente PM Paulo Cezar.
O curso, que teve início em novembro de 2011, tem a duração de cinco meses. Dezoito homens das Polícias Militares de Roraima, do Amazonas e de Mato Grosso e da Polícia Civil de Roraima, Base Aérea e Guarda Municipal de Boa Vista participam do treinamento.
O vice-governador Chico Rodrigues destacou que o investimento não deve ser apenas com a compra de equipamentos, mas também na qualificação profissional. “O governo estadual tem buscado investimentos para fortalecer e garantir a segurança da população; este é um grupo de altíssima capacidade operacional”, disse.
Nos próximos 40 dias os participantes receberão instruções nos melhores centros de segurança no Brasil e exterior. No Rio de Janeiro, as aulas serão ministradas por policiais que integram o Batalhão de Operações Especiais (BOPE-RJ), sobre noções de operações em áreas de favelas, e no Batalhão Especial de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.
Depois seguirão para Brasília, onde serão recebidos pelo BOPE do Distrito Federal para treinamentos sobre ações com explosivos e agentes químicos. No Comando de Operações Táticas da Polícia Federal (COT), os treinamentos terão como foco o regaste de reféns. Na Agencia Brasileira de Inteligência (ABIN), os participantes passarão por um ciclo de palestras.
Já no estado de Goiás, os profissionais receberão instruções de ações de invasão tática com uso de explosivos, na Companhia Independente de Operações Especiais. Após o treinamento em Goiás, seguirão para Santiago, no Chile, onde serão treinados por carabineiros, um grupo especial da polícia chilena.
Após a estadia no país chileno, os participantes voltam ao Brasil para treinamentos no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), no Batalhão de Operações Ribeirinhas e no Grupamento Aéreo do Amazonas.
“Buscamos o que tinha de melhor para oferecer um curso completo aos nossos profissionais”, destacou Paulo Cezar.
Chico Rodrigues ainda ressaltou a preocupação do governador José de Anchieta em formar profissionais de segurança pública para atuar em grandes eventos que serão realizados no Brasil. “Estes homens deverão ser solicitados para atuar na Copa de 2014 e nas Olimpíadas de 2016. Deverão integrar as forças que farão a segurança desses eventos”.


GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PRETO INTENSIFICA PATRULHAMENTOS NAS PRAÇAS PÚBLICAS


FONTE: http://gcmandretavares.blogspot.com/

Parabéns aos Guardas de Riberirão Preto, esse é um trabalho preventivo que somente nós sabemos fazer.

OPERAÇÃO EM CONJUNTO DAS GUARDAS MUNICIPAIS DE AMERICANA E SANTA BARBARA APREENDE 5 KL DE DROGAS


Drogas e celulares apreendidos com traficante no São Francisco
Um trabalho conjunto de guardas de Americana e Santa Bárbara ontem culminou com a apreensão de cinco quilos de drogas.
Guardas civis de Americana, solicitaram ontem por volta das 17h30 a equipe de Apoio de Guarda de Santa Bárbara, pois havia informação que um procurado pela justiça estaria refugiado na Rua Guaranis, numa residência de fundos, no Jardim São Francisco.
Quando as viaturas chegaram ao local, depararam com D.S.S., 32 anos, com uma mochila, já na calçada. Ele foi abordado e na mochila encontrado um quilo de maconha (um tijolo). Confessou que no interior da casa teria mais. Ele havia recebido a droga em Americana ontem à tarde. Na moradia estavam a amásia do traficante, J.A.S., 21 anos e o irmão dela F.A.S., 23 anos.
FONTE: http://www.diariosbo.com.br/anterior/2012/janeiro/17/

domingo, 15 de janeiro de 2012

I MARCHA AZUL MARINHO PAULISTA - PARTICIPEM



A Marcha Azul Marinho é um evento idealizado por Maurício Domingues da Silva, o CD Naval, da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, o primeiro evento ocorreu em 2009 em Brasília, se repetindo em 2010 e 2011, buscando despertar interesse dos parlamentares na discussão sobre a importância dos trabalhos desenvolvidos pelas Guardas Municipais em todo país, recebendo apoio irrestrito da ONG SOS Segurança Dá Vida.
Em 2011 a Marcha Azul Marinho também ocorreu em outras cidades, permitindo que integrantes de Guardas Municipais tivessem a oportunidade de tratar também de demandas locais.
A Cidade de Campo Grande, no Estado de Mato Grosso do Sul, foi a primeira anfitriã da Marcha Azul Marinho, recebendo apoio da mídia, autoridades locais e principalmente da Associação dos Guardas Municipais de Campo Grande, através do empenho de do Presidente Alberto Costa Neto em divulgar o evento que foi realizado no dia 16 de setembro de 2011.
A Cidade de Serrinha, no Estado da Bahia, também acolheu a Marcha Azul Marinho, tendo apoio do Prefeito Osni Cardoso que marchou junto com os Guardas Municipais, reconhecendo o trabalho desenvolvido por esses profissionais. Juntamente com a Marcha Azul Marinho foi realizado o 2º Congresso Baiano das Guardas Municipais, que contou com a presença do Comandante Maurício Maciel, da Guarda Municipal de Varginha (MG), e teve a organização da Associação da Guarda Municipal de Serrinha (AGMS), o vento foi realizado nos dias 06 e 07 de outubro de 2011.
Em 2012, a Marcha Azul Marinho terá início na Cidade de São Paulo, prevista para o dia 10 de fevereiro, a partir das 8 horas, na Avenida Paulista, e com certeza chamará a atenção da mídia para a problemática da segurança pública que não atende os anseios do cidadão pela ausência de políticas públicas e manutenção do sistema atual.
FONTE: http://gcmbueno.blogspot.com/



I SEMINÁRIO PAULISTA DE GUARDAS MUNICIPAIS E SEGURANÇA PÚBLICA

                                                            

                                                                        PROGRAMAÇÃO




*10hs00 abertura e formação da Mesa

*10hs30 Primeiro Palestrante Luizinho da NCST - Confirmado

*11hs05 Mauricio Donizete Maciel/MG - Comandante da GM de Varginha.

*11hs30 Professor João Alexandre - Confirmado

*12hs00 almoço

*13hs05 Dr. Osmar Ventris - Poder de Policia - Confirmado

*13hs30 Dr. Bismael Batista de Moraes – Mestre em Direito Constitucional - Confirmado

*13hs55 Osmir Cruz – Comandante da GM de Vinhedo/SP - Confirmado

*14hs30 André Tavares – Comandante da GM de Ribeirão Preto
O desenvolvimento das Guardas Municipais e a segurança pública na região de Ribeirão Preto

*14hs55 Dr. Roberto Cysne - Gestão Pública Organizacional - Confirmado

*15hs30 Frederico/PR – Guarda Municipal, Valorização e qualificação do Profissional - Confirmado

*1555 Robert – Inspetor da GCM/SP - Confirmado

*16h20 Joel Malta – Comandante da GCM/SP e Pres. do CNGM

*16h40 Ivete – Classe Distinta da GCM de Porto Feliz – Trabalho Científico do curso de Pós Graduação Méritus – Violência Requer Prevenção - Confirmado

*17hs00 Tito – Secretário da GM de Mariana/MG - Confirmado

            *17h20 Farias – Classe Distinta da GCM/SP – Pres. Abraguardas – Aposentadoria Especial - Confirmado


*18h00 Encerramento

Observação: A programação não é fixa, poderá sofrer alterações para melhor.




       Mauricio Domingues da Silva (NAVAL)
                             Presidente da ONG SOS SEGURANÇA DA VIDA

FAÇA SUA INSCRIÇÃO NO SITE: http://www.guardasmunicipal.com.br/
 

APOSENTADORIA ESPECIAL PARA GUARDAS MUNICIPAIS: QUESTÃO DE VONTADE POLÍTICA

LEI Nº 1693 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011.




DISPÕE SOBRE A APOSENTADORIA ESPECIAL PARA OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS.





ANTONIO CARLOS DE CAMARGO, Prefeito do Município de Cotia, no uso de suas atribuições legais, FAÇO SABER que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

Art. 1º Até que seja promulgada a Lei Complementar federal a que se refere o § 4º do art. 40 da Constituição Federal, os servidores públicos municipais farão jus a aposentadoria especial aplicando-se, no que couber, o disposto no art. 57 da Lei federal nº 8.213, de 24 de julho de 1991, com suas alterações posteriores, observando-se, ainda, para os integrantes da Guarda Civil Municipal o disposto na Lei Complementar federal nº 51, de 20 de dezembro de 1985. 
Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Prefeitura do Município de Cotia, em 14 de dezembro DE 2011.

ANTONIO CARLOS DE CAMARGO - CARLÃO
Prefeito Municipal
Publicada e Registrada no Gabinete do Prefeito do Município de Cotia, aos 14 dias do mês de dezembro DE 2011.

FÁBIO CÉSAR CARDOSO DE MELLO

Secretário Geral do Gabinete
FONTE: http://segurancapublicamunicipal.blogspot.com/